Fale Conosco

8 de março de 2013

Paraíba vai receber 39 estações meteorológicas da Agência Nacional das Águas



O monitoramento das mudanças climáticas na Paraíba vai ser reforçado com 39 novas estações meteorológicas. O anúncio foi feito nessa quinta-feira (7), em Brasília, pelo diretor-presidente da Agência Nacional das Águas (ANA), Vicente Andreu Guillo, durante encontro com o diretor-presidente da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado (Aesa), Moacir Rodrigues.

“Os novos equipamentos doados pela ANA são de última geração. Para se ter uma ideia, cada um custa em torno de 30 mil reais. As estações meteorológicas são automáticas e permitem o acompanhamento das mudanças climáticas em tempo real. Elas também vão ajudar na realização de pesquisas detalhadas sobre a realidade ambiental da Paraíba”, revelou Moacir Rodrigues, acrescentando que ainda não há previsão de quando as PCDs vão ser entregues ao Governo do Estado.

Atualmente, a Aesa possui 15 estações, também conhecidas plataformas de coletas de dados (PCDs), que colhem, armazenam e transmitem em tempo real dados ambientais como temperatura do ar, umidade relativa do ar, direção e velocidade do vento, radiação solar, pressão atmosférica, precipitação pluviométrica, umidade e temperatura do solo.

As novas estações serão integradas ao sistema de Monitoramento de Situação de Riscos, denominado Sala de Situação, que funciona na sede da Aesa em Campina Grande, acompanhando as condições de tempo, clima e recursos hídricos de forma ininterrupta. Diariamente, a Aesa divulga boletins com análise e previsão do tempo para toda a Paraíba no site www.aesa.pb.gov.br.