Fale Conosco

25 de maio de 2009

Paraíba vacina 338.591 idosos contra a gripe



A Paraíba superou a meta estabelecida pelo Ministério da Saúde de vacinar 80% da população paraibana com 60 anos ou mais contra a gripe. O último boletim divulgado pelo Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde (PNI-MS) informou que o Estado imunizou 82,55% dos seus 410.140 idosos contra a influenza. Isso significa que foram vacinadas 338.591 pessoas. O Nordeste vacinou 79,97% do público-alvo e o Brasil chegou a 77,07%, vacinando 14.974.034 brasileiros.

Mesmo o Estado já tendo ultrapassado o índice vacinal preconizado pelo Ministério da Saúde, o coordenador de Imunização da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Walter Albuquerque, disse que os municípios vão continuar vacinando os seus idosos até a próxima sexta-feira (29), quando a campanha será encerrada em todo o país.

Walter Albuquerque assegurou que as vacinas continuam sendo oferecidas nos postos de saúde, principalmente, dos municípios que ainda não atingiram a meta. “O idoso que ainda não se vacinou só tem esta semana para fazer isso. É a última oportunidade para tomar a vacina este ano e ficar imunizado contra a gripe”, alertou.

Ele disse que apesar do Estado ter ultrapassado a cobertura vacinal, 61 municípios paraibanos de pequeno porte ainda não atingiram essa meta. Muitos deles só vacinaram em torno de 75% dos seus idosos. Para chegar aos 80% da cobertura vacinal durante toda esta semana haverá intensificação da vacinação nesses municípios.

Sobre a vacina – A vacina é gratuita, tem validade de um ano e é recomendada como medida preventiva para evitar os efeitos da gripe. A SES disponibilizou 450 mil doses que foram distribuídas entre os 223 municípios paraibanos. A vacina contra a gripe é aplicada no Brasil desde 1999 e, segundo estudo do Ministério da Saúde, houve uma redução em torno de 50% nas internações hospitalares no Brasil, decorrentes de complicações de gripe, como pneumonia, enfisemas pulmonares e complicações por diabetes e cardiopatias.

Para se vacinar, os idosos devem levar o cartão de vacina a fim de atualizá-lo. A única contra-indicação é para as pessoas que apresentam alergia grave ao ovo de galinha.

Assessoria de Comunicação da SES/PB