João Pessoa
Feed de Notícias

Paraíba supera vendas em feira de artesanato no Espírito Santo

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013 - 17:14 - Fotos: 

A Paraíba foi destaque e superou mais uma vez a expectativa de vendas na Feira Nacional do Artesanato do Espírito Santo (ArteSanto), que aconteceu até este domingo (1), na Praça do Papa, em Vitória. Mais de mil artesãos se reuniram para expor cerca 50 mil peças das mais diferentes tipologias. A Paraíba participou junto a seis outros estados (Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro, Maranhão e Goiás) na qualidade de Estado convidado, pela excelência das peças e qualidade do material produzido.

A coordenadora do Programa do Artesanato da Paraíba, primeira-dama do Estado, Pâmela Bório, disse estar satisfeita com o volume das vendas negociadas na feira. “O nosso estande teve um destaque grande, vendeu demais! Na feira resgatamos o artesão paraibano Pixiló, que mora no Espírito Santo há algumas décadas e foi homenageado lá, pois é mestre e um dos maiores ceramistas do Brasil. Nós também vamos homenageá-lo em junho, no Salão, onde a tipologia de destaque será a cerâmica”, adiantou Pâmela, que recebeu homenagens durante o evento.

Pâmela Bório falou ainda sobre a importância da participação em eventos, a exemplo da ArteSanto, ressaltando que a excelência e qualidade do artesanato paraibano é fruto de uma ação de Governo focada em treinamento, apoio e planejamento. “Nosso artesanato tem muito potencial a ser desenvolvido. Essa troca de conhecimentos nos permitirá trazer mais capacitadores para o nosso Estado, como fizemos no mês passado com Adriana Yasbech e Sérgio Matos, que trabalharam as peças dos artesãos que utilizam mariscos e fios. Ao mesmo tempo, nessas comparações, podemos avaliar como o nosso programa está sendo bem desenvolvido, fortalecendo todas as etapas da rotina produtiva, desde o crédito oferecido através do Empreender Artesão, que possibilita o pequeno artesão a utilizar o investimento como capital de giro, ampliação do negócio, passando pela venda, realizada através das feiras e Salões, até o pós-venda, onde trabalhamos com encomendas e planejamentos”, explicou a coordenadora.

A Paraíba participou da feira com 166 artesãos de 10 municípios. Entre as representações estavam os bonecos em algodão colorido da Coopnatural, as peças decorativas em ferro do artista Humberto Heleno, as redes do município de Galante, além das peças em madeira dos artistas João Batista, Pedro Nunes e Elias e dos os brinquedos populares, cerâmicas, fibras e fios.

Para a gestora do Programa de Artesanato da Paraíba, Ladjane Barbosa, o trabalho e profissionalismo dos artesãos paraibanos têm credenciado o Estado como um dos que possuem excelência na arte com as mãos. “Nossas redes, o couro, o bordado e a tecelagem em geral fizeram verdadeiro sucesso. O perfil dos consumidores muda a cada feira e podemos perceber em cada uma delas a exigência e preferência dos clientes. Esta observação é importante para que possamos nos organizar de forma mais estratégica para eventos futuros”, afirmou a gestora, acrescentando que o espaço paraibano em Vitória foi bastante elogiado, não só pelos produtos, mas pela organização e disposição destes.

De acordo com os organizadores, a ArteSanto gerou uma movimentação financeira em torno de R$ 13 milhões. No espaço, de 4 mil metros de área, também aconteceram oficinas, “Espaço Design”, praça de alimentação e atividades culturais.