João Pessoa
Feed de Notícias

Paraíba sedia oficina para formação de avaliadores de Hospital Amigo da Criança

segunda-feira, 24 de abril de 2017 - 12:07 - Fotos:  Secom-PB

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio de parceria com o Ministério da Saúde, promove, de 24 a 28 de abril, no Centro Formador de Recursos Humanos da Paraíba (Cefor-PB), o curso para formação de avaliadores na Iniciativa Hospital Amigo da Criança e da Mulher (Ihac). O objetivo do curso é qualificar profissionais de saúde – trabalhadores da rede pública que já trabalham com aleitamento materno e cuidado à mulher – para que eles sejam tutores e fortaleçam a Ihac com as avaliações.

Ao todo, serão qualificados no curso 35 profissionais de saúde – 15 trabalhadores da rede pública de saúde da Paraíba e outros 20 de outros Estados (Rio Grande do Norte, Pará, Roraima, Amazonas, Piauí, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Espírito Santo, São Paulo e Rio de Janeiro).

“Atualmente, a Paraíba possui 15 hospitais credenciados com o título de Amigo da Criança. A intenção é que, com a formação desses tutores, possamos ampliar para 25 o número de hospitais sediados em várias regiões do Estado”, informou a técnica da Linha de Cuidado da Criança e do Adolescente da SES, Rachel Holanda.

O curso, que tem carga horária de 40 horas, envolve teoria e prática, inclusive com aulas adaptadas nos hospitais onde trabalham os futuros avaliadores.

“O Hospital Amigo da Criança conduz todo o processo desde a entrada da mulher no hospital até os primeiros anos da criança. O serviço qualifica a equipe, orienta a mulher e apoia a família. Tudo isso abrangendo boas práticas de parto, nascimento e estímulo à amamentação”, explicou a nutricionista que faz parte da Coordenação Geral da Saúde da Criança e Aleitamento Materno do Ministério da Saúde, Neide Cruz.

Ao serem qualificados, os tutores passam a avaliar os critérios de várias unidades com o título de Amigo da Criança – exceto dentro do hospital onde trabalham. Dentro do seu hospital eles são multiplicadores das informações e dão o incentivo para que o serviço seja feito de maneira adequada e a unidade siga com o título.

“São feitas várias avaliações para que o hospital possa receber e continue com o título de Hospital Amigo da Criança e da Mulher. Os critérios são baseados em 14 passos para o Sucesso do Aleitamento Materno, o Cuidado Amigo da Mulher e uma série de outros requisitos que buscam a adequada atenção à saúde da criança e da mulher. Os hospitais certificados recebem uma placa que é fixada na entrada da maternidade”, pontuou a enfermeira e consultora técnica de Ações de Aleitamento do Ministério da Saúde, Ariane de Matos.

Iniciativa Hospital Amigo da Criança e da Mulher – Desde 1990, o Ministério da Saúde e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) certificam na Iniciativa Hospital Amigo da Criança e da Mulher (IHAC) instituições de saúde públicas e privadas do mundo inteiro para promover, proteger e apoiar o aleitamento materno.

A IHAC tem como objetivo a diminuição da morbimortalidade infantil por meio do estímulo à prática da amamentação, além de mobilizar os funcionários dos estabelecimentos de saúde para que mudem condutas e rotinas responsáveis pelos elevados índices de desmame precoce.

Os Hospitais que são Amigos Criança promovem, ainda, o cuidado Amigo da Mulher, trabalhando o parto humanizando, direito ao acompanhante de livre escolha, livre acesso dos pais ao recém-nascido, oferta de líquidos leves durante o trabalho de parto e métodos de alivio da dor.