João Pessoa
Feed de Notícias

Paraíba sedia fórum nacional sobre uso e desenvolvimento de tecnologias para ações culturais

quarta-feira, 21 de outubro de 2015 - 10:15 - Fotos: 

O Governo da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Cultura, abriu, nessa terça-feira (20), o Fórum Nacional de Sistema de Informações Culturais, na Fundação Casa de José Américo (FCJA), em João Pessoa. O evento discute o uso e desenvolvimento de tecnologias livres na cultura e acontece até esta quinta-feira (22). Cerca de 150 técnicos, agentes e gestores de cultura discutem a implantação da nova plataforma do sistema de informação cultural, em andamento no Brasil.

O Fórum é destinado aos representantes de todas as esferas de governo e contou, no primeiro dia, com a presença secretário de Políticas Culturais do Ministério da Cultura, Guilherme Varella, que ressaltou a importância de utilização da nova plataforma do Sistema Nacional de Indicadores Culturais (SNIIC). “Esta nova versão do SNIIC em processo de implementação, dentro da Política do MinC, serve para materializar as intervenções estruturantes do Estado na Cultura. Temos que rever o processo participativo da sociedade e nada como a apropriação desta plataforma para gerar desenvolvimento cultural”, enfatizou o secretário.

O secretário de Estado da Cultura, Lau Siqueira, ressaltou a política cultural do Estado com a construção do Plano Estadual de Cultura através do diálogo com o Conselho Estadual de Políticas Culturais (Consecult). “Em momentos de crise, vemos a oportunidade de realizar este evento de amplitude nacional que dá visibilidade à cultura tão rica em nosso território. Temos que reconhecer a dimensão real da cultura em nossa sociedade para consolidar este mecanismo enquanto política pública efetiva para a sociedade” destacou Lau Siqueira.

Na ocasião, foi realizado diálogo com produtores culturais que já implementaram sistemas de informações desenvolvidos através de tecnologias livres. Entre as atividades realizadas, os participantes puderam debater o conhecimento já desenvolvido no cenário brasileiro, sistematizaram propostas de mecanismos colaborativos de inserção nacional e ainda explicaram novas perspectivas para se trabalhar uma única plataforma que centralize as funções executadas atualmente pela cultura.

Entre as atividades programadas para o segundo dia, está a formação de grupos de trabalho com gestores e desenvolvedores, que visa debater experiências e possibilidade de aplicações para difusão, circulação e promoção da economia da cultura. À tarde, haverá apresentação dos casos de sucesso como o exemplo do portal Catraca Livre, plataforma de comunicação e cultura que cria novas formas de relacionamento entre pessoas e marcas através de projetos de conteúdo.

Nesta quinta-feira, será apresentado o novo modelo de governança do Glossário da Cultura para guiar os sistemas de informação e pesquisas na área da cultura. O Fórum é uma importante ferramenta para discussão sobre o mapeamento cultural estabelecido no Brasil e visa fortalecer a junção dos mapeamentos realizados com o SNIIC.