Fale Conosco

4 de junho de 2014

Paraíba sedia Encontro de Vigilância e Sistemas de Informação de Mortalidade e Nascimento



O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), está participando do Encontro Macrorregional Nordeste de Vigilância e Sistemas, no período de 4 a 6 de junho, no Hotel Tropical Tambaú, em João Pessoa. O encontro é realizado pelo Ministério da Saúde e estão participando aproximadamente 60 profissionais, entre gestores do Sistema de Informação de Mortalidade e Nascimento (SIM/SINASC) e de Vigilância do Norte e Nordeste.

Durante os três dias de evento estão sendo abordados temas como questões gerais sobre normas; regulamentos; portarias que estão sendo lançadas pelo Ministério da Saúde; SIM/SINASC; como funciona o sistema; Vigilância do Óbito Infantil e Materno e dúvidas colocadas pelos gestores.

É muito importante para a Paraíba estar sediando esse evento, pois assim temos a oportunidade de que mais pessoas do estado estejam participando da reunião que está discutindo os óbitos. Em 2013 tivemos um aumento nesses óbitos maternos, de acordo com o sistema de informação, por isso é importante que nesse momento nossos gestores possam estar participando desse encontro”, disse a gerente operacional de Resposta Rápida, da SES, Diana Pinto.

O coordenador geral de Informações e Análises Epidemiológicas da Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Juan Cortez Escalante, lembrou que essas reuniões são realizadas todos os anos pelo MS com os estados das regiões Norte/Nordeste. “Nesta oportunidade escolhemos a Paraíba para sediar a reunião, assim contamos com uma maior participação dos gestores daqui do estado. O MS está trabalhando muito, buscando ter um sistema de informação de estatísticas vitais e vigilância do óbito cada vez melhor, pois ele é uma grande ferramenta para ajudar com a redução da mortalidade materna e infantil em todo o país, que é nosso objetivo final”, concluiu Juan Cortez.

SIM/SINASC - O Sistema de Informações de Mortalidade (SIM) e de Nascidos Vivos (SINASC) é informatizado e visa a descentralização do processo de coleta, processamento e consolidação de dados quantitativos e qualitativos, referentes aos óbitos e nascimentos informados em todo território nacional.

Trata-se de uma importante ferramenta de gestão por possuir variáveis que permitem formulação de indicadores epidemiológicos estratégicos para o planejamento das ações e tomada de decisão em diversas áreas da assistência à saúde.