João Pessoa
Feed de Notícias

Paraíba reúne líderes mundiais em evento da ONU que discutirá governança na internet

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015 - 12:42 - Fotos:  José Marques/Secom-PB

A cidade de João Pessoa se tornará a capital mundial da internet durante a 10ª edição do Internet Governance Forum (IGF), que acontece entre os dias 9 e 13 de novembro, no Centro de Convenções. O Fórum foi criado pela Organização das Nações Unidas no ano de 2006 pelo então secretário-geral, Kofi Annan, e vem sendo realizado anualmente em vários países. O evento vai reunir mais de duas mil pessoas de 130 países, entre chefes de Estado, empresários e pessoas e entidades ligadas à Tecnologia da Informação.

O governador Ricardo Coutinho recebeu em audiência, na Granja Santana, o secretário executivo do Comitê Gestor da Internet no Brasil, Hartmut Glaser, e o diretor de Ciência e Tecnologia do Itamatary, Jandir Ferreira. Na ocasião, as autoridades discutiram e planejaram a organização do evento da ONU.

Durante a reunião, ficou definido que até o mês de maio será realizado o lançamento oficial do Fórum em João Pessoa e na Conferência Mundial da ONU, a ser realizada em setembro, em Nova York. Ricardo Coutinho garantiu total apoio do Governo do Estado na realização do evento e destacou a necessidade do fórum desenvolver programas na área da internet que fiquem como legado para alguns municípios paraibanos.

Ricardo destacou que a Paraíba tem se destacado na área de Tecnologia da Informação com a realização de eventos como a Conferência Brasil-Canadá e a Robocup. “Sabemos da importância desse fórum mundial sobre governança na internet e a nossa meta será contribuir para que essa seja a melhor das dez edições já realizadas e deixe sementes importantes em nosso Estado”, completou.

O secretário executivo do Comitê Gestor da Internet no Brasil, Hartmut Glaser, afirmou que existe uma discussão há dez anos sobre governança na internet com a realização de fóruns sobre desafios, modelos e experiências de sucesso adotadas no mundo e que podem ser replicados em outras localidades.

“Pela 2ª vez o Brasil sedia o fórum por ser um país de ponta na internet e a cidade de João Pessoa foi escolhida pela necessidade do evento ser fora do eixo Rio-São Paulo-Brasília, pela Paraíba ter um Centro de Convenções de alto nível que já realiza grandes eventos como a Robocup e pelo apoio que vem sendo dado pelo Governo do Estado”.

Hartmut Glaser acrescentou que João Pessoa será a capital mundial da internet durante uma semana, com discussões de alto nível sobre ela deve se desenvolver para as próximas gerações. “Até hoje a administração da internet tem um cordão umbilical muito grande com os Estados Unidos, mas o próprio país já decidiu flexibilizar essa vinculação, assim como já ocorre no Brasil com a participação não apenas do governo, mas de universidades, iniciativa privada e entidades do terceiro setor. Esse tema será amplamente discutido em João Pessoa, assim como o futuro desse vínculo da internet com uma nova estrutura internacional”, completou Glaser.

A reunião também contou com as presenças do secretário de Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente e Ciência e Tecnologia, João Azevedo, do presidente da Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado da Paraíba (Fapesq), Claudio Furtado, e do diretor da Associação Nacional de Inclusão Digital (Anid), Percival Henrique.