João Pessoa
Feed de Notícias

Paraíba registra realização de 27 transplantes de órgãos este ano

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011 - 09:43 - Fotos: 
Até o início deste mês de fevereiro, 27 pessoas se submeteram a transplantes de órgãos na Paraíba. Desses, 21 foram de córnea, cinco de rins e um de fígado. No ano passado, foram 223 transplantes, sendo 180 de córnea, 32 de rins e 11 de fígado. Segundo a diretora da Central de Transplantes, Gyanna Lys Moreira Montenegro, a Secretaria de Saúde do Estado tem estrutura com equipe qualificada e hospitais credenciados para realizar os transplantes, tanto em João Pessoa como em Campina Grande. “É muito importante a consciência das pessoas para a doação dos órgãos”, destacou.

A lista de espera é de 380 pessoas em busca de um transplante. Seguindo uma tendência nacional, na Paraíba o transplante de rim também é um dos mais procurados. “Dos 380 pacientes esperando por um transplante, 340 são para transplante de rim”, lembrou a diretora.

Para a realização dos transplantes é necessário que o hospital esteja credenciado pelo Ministério da Saúde. Em João Pessoa estão credenciados o Hospital da Unimed e o São Vicente de Paula. Em Campina Grande, o Antônio Targino. Já os transplantes de córnea são realizados em clínicas médicas. Na Capital existem duas equipes médicas que realizam transplantes de rins, uma de coração, uma de fígado e uma de pâncreas/rim. Em Campina Grande uma equipe faz o transplante de rim.  

Doação de órgãos – Atualmente, para ser um doador não é necessário fazer nenhum documento por escrito. O importante é informar a família a vontade de fazer este ato que salva vidas. Assim, quando for constatada a morte encefálica do paciente, uma ou mais partes do corpo que estiverem em condições de serem aproveitadas poderão ajudar outras pessoas. Alguns órgãos podem ser doados em vida, como parte do fígado, um dos rins e parte da medula óssea.