Fale Conosco

7 de janeiro de 2014

Paraíba registra menor taxa de mortalidade de câncer do colo do útero no Nordeste



Dados do Inca (Instituto Nacional do Câncer) de 2011 revelam que a Paraíba tem o menor número de mortes de mulheres por câncer do colo do útero no Nordeste. A taxa de mortalidade é de 3,82 por 100 mil mulheres no Estado, índice que deixa a Paraíba em quarto lugar no país entre os Estados com menor número de mortes, atrás do Rio Grande do Sul (3,68), São Paulo (2,95) e Minas Gerais (2,84). O levantamento aponta o Norte como a região onde o câncer do colo de útero mais mata.

A doença está ligada ao HPV, vírus transmitido sexualmente que provoca lesões precursoras do câncer em parte das mulheres infectadas. Se houver tratamento adequado, é possível prevenir a doença em 100% dos casos.

Os serviços de prevenção oferecidos à população, gratuitamente, pela Secretaria de Saúde do Estado têm contribuído para evitar novos casos. Segundo a diretora geral do Centro Especializado de Diagnóstico do Câncer (CEDC), Roseane Machado, mulheres com suspeitas de câncer do colo do útero são encaminhadas para o serviço pelas equipes de Saúde da Família. No Centro é feito o tratamento das lesões por meio de exames especializados, colposcopia, biópsia, anatomopatológico de colo, e cirurgia de alta frequência, entre outros. A duração do tratamento é de dois a três anos.

O Centro atende mulheres de 120 municípios e, de acordo com Roseane, até o final de 2014 a expectativa é ampliar a oferta de serviços para mais cidades. “Com o CEDC, o Governo do Estado oferece à população feminina a possibilidade de detectar, tratar e eliminar o câncer do colo do útero, tudo de forma bem precoce”, observou.

O Centro Especializado de Diagnóstico do Câncer fica na Avenida Duarte da Silveira, no Centro de João Pessoa. O Governo do Estado investiu com recursos próprios cerca de R$ 1,2 milhão na implantação do local, sendo R$ 1,1 milhão em equipamentos e mais de R$ 50 mil na estruturação do novo prédio climatizado e moderno. A unidade dispõe de um mamógrafo digital e um ultrassom, que contribuem para a detecção precoce do câncer de mama e do colo do útero. Para outras informações, o telefone do CEDC é 3218-5369.