Fale Conosco

23 de abril de 2013

Paraíba poderá sediar Jogos Escolares da Juventude em 2014



23.04.13 romulo recebe missao jogos escolares fotos joao francisco 41 270x202 - Paraíba poderá sediar Jogos Escolares da Juventude em 2014A cidade de João Pessoa está concorrendo com Salvador (BA) e Poços de Caldas (MG) para sediar em 2014 Os Jogos Escolares da Juventude, que acontecerão no mês de setembro, entre 4 e 14. A iniciativa foi do governador Ricardo Coutinho e o assunto foi discutido nesta terça-feira (23) pelo vice-governador Rômulo Gouveia em reunião com integrantes do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), no Palácio da Redenção.

Os Jogos Escolares da Juventude terão a participação de 5 mil atletas na faixa etária de 12 a 14 anos que competirão em 13 modalidades: atletismo, tênis de mesa, vôlei, vôlei de praia, handebol, judô, natação, ginástica rítmica, ciclismo, futsal, basquete, lutas e badminton.

Os organizadores solicitam do Governo do Estado infraestrutura nas áreas de transporte das delegações, segurança do evento, a solenidade de abertura do evento, apoio nas áreas da saúde e liberação de prédios públicos, que inclui o Centro de Convenções ‘Poeta Ronaldo Cunha Lima’, além de ambientes com computadores para uso da equipe coordenadora do evento. No Centro de Convenções funcionará o restaurante dos atletas e a coordenação geral dos jogos, além do centro de convivência dos atletas.

O vice-governador Rômulo Gouveia destacou que será importante que João Pessoa seja sede mais uma vez dos Jogos Escolares da Juventude, já que sediou o evento esportivo em 2007, 2008, quando Ricardo era prefeito e em 2011. “Além da importância social do esporte, os jogos também projetam a capital e a Paraíba nacionalmente e traz um retorno significativo para a rede hoteleira, o comércio, o trade turístico como um todo”.

23.04.13 romulo recebe missao jogos escolares fotos joao francisco 6 270x202 - Paraíba poderá sediar Jogos Escolares da Juventude em 2014Rômulo transmitirá a Ricardo Coutinho o diálogo que teve com a comissão do Comitê Olímpico Brasileiro, chefiada pelo diretor geral dos Jogos Escolares da Juventude, Edgar Hubner. A Secretaria da Juventude, Esporte e Lazer está elaborando um orçamento das despesas necessárias, cujo documento será analisado pelo governador Ricardo Coutinho.

O diretor geral dos Jogos Escolares da Juventude, Edgar Hubner, afirmou que o Governo da Paraíba tem sido receptivo e já no ano passado o governador Ricardo Coutinho efetuou a inscrição da Paraíba oficializando a candidatura de João Pessoa.  “João Pessoa tem algumas vantagens por já ter feito três vezes a edição do evento e agora tem um belo Centro de Convenções e excelente pista de atletismo na Universidade Federal da Paraíba, agregado ao aumento do parque hoteleiro em relação a 2011”, comentou. Hubner e equipe estão inspecionando os prováveis locais onde acontecerão os jogos.

Edgar Hubner informa que participarão do evento cinco mil atletas de escolas públicas e privadas dos 27 estados da Federação. No decorrer dos Jogos Escolares da Juventude o Comitê Olímpico Brasileiro investirá R$ 5 milhões, incluindo o pagamento de mais de 27 mil diárias nos hotéis e 50 mil refeições.  “Existe um legado importante que é o legado social a partir do momento em que a população desperta o interesse pela prática esportiva, busca aprimoramento dentro de suas escolas, proporcionando melhor condição de vida das crianças do estado da Paraíba”, afirmou.

23.04.13 romulo recebe missao jogos escolares fotos joao francisco 8 270x202 - Paraíba poderá sediar Jogos Escolares da Juventude em 2014Outro fator importante é a criação de empregos temporários. Muitos pais acompanham os atletas e essas famílias são turistas que aquecerão a economia local. A visibilidade da cidade e da Paraíba em televisão, jornais e sites é outro retorno considerável para o Estado, proporcionando no geral cerca de R$ 25 milhões de retorno para a Paraíba, avalia Hubner.

O secretário executivo da Juventude, Esporte e Lazer, José Marco Nóbrega, participou da reunião e acredita que a Paraíba conseguirá sediar os jogos e lembrou que nesses eventos nacionais surgem atletas que se tornam campeões mundiais e olímpicos.

Ferdinando Lucena, representante do Convention Bureau de João Pessoa, afirmou que o órgão é interlocutor nesse processo para que a capital paraibana se torne sede dos jogos. “Esse evento deixa dinheiro novo em João Pessoa, mais de R$ 10 milhões fora a geração de empregos temporários e arrecadação de impostos”, comentou.