Fale Conosco

1 de dezembro de 2015

Paraíba participa de Encontro Nacional de Gestores públicos da Política da Pessoa com Deficiência



A presidente da Fundação Centro Integrado de Apoio ao Portador de Deficiência (Funad), Simone Jordão, participou do Encontro nacional de Gestores públicos da Política da pessoa com Deficiência. O encontro, promovido pela Presidência da República, aconteceu em São Paulo, no último dia 23, e reuniu representantes de vários estados e capitais, que analisaram a nova conjuntura da Política da Pessoa com Deficiência.

O Secretário Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Antônio José, abriu o evento falando sobre o Plano Viver Sem Limite 2, do Governo Federal, voltado para a pessoa com deficiência e que será lançado em no início de 2016. Segundo o Secretário, 21 novas ações estão sendo desenhadas para essa nova fase, incluindo novos Ministérios e Secretarias Nacionais. Ele falou também sobre a Lei Brasileira de Inclusão, sancionada em 6 de julho deste ano e que vai vigorar a partir janeiro.

Foram discutidos também, durante o encontro, assuntos como implantação de Centrais de Interpretação de Libras (CIL). A Paraíba foi, inclusive, uma das pioneiras no País. Também foi abordada a Classificação Internacional de Funcionalidade (CIF) e Mercado de Trabalho para a pessoa com deficiência. Outro tema do encontro foi a dinâmica e organização da agenda para o Fórum de Gestores da Política da pessoa com deficiência, que vai acontecer no início de 2016.

Segundo a Presidente da Funad, Simone Jordão, o Encontro foi muito importante, pois discutiu assuntos relevantes para a pessoa com deficiência junto ao Governo Federal, traçando diretrizes e obtendo respostas imediatas e favoráveis à política da pessoa com deficiência. “Uma troca de experiências e concretização das ações que tanto buscamos. Estamos muito felizes com a implantação da Lei Brasileira de Inclusão e as novas ações do Plano Viver Sem Limite. O quadro é muito promissor e o Governo da Paraíba anda sempre na frente, apoiando as novas iniciativas e criando caminhos dignos e de inclusão da pessoa com deficiência”, disse Simone Jordão.