Fale Conosco

26 de abril de 2013

Paraíba estende incentivo ao GNV até o mês de dezembro



O Programa de Incentivo ao GNV (Gás Natural Veicular), que estimula os proprietários de veículos a fazerem conversões para o gás natural, terá continuidade em 2013. O benefício, que vigorou ao longo de 2012, acaba de ter a sua extensão aprovada pela Companhia Paraibana de Gás (PBGás), para um total de 400 incentivos até o mês de dezembro.

O programa consiste no pagamento de um bônus, no valor de R$ 450,00, para cada proprietário que faça a instalação do kit de GNV em seu veículo, apresentando a devida documentação comprobatória dos serviços. O programa é válido para qualquer cidadão, mas vem sendo procurado com mais frequência por taxistas.

Além da oferta do bônus, a PBGás também realiza campanhas sobre as vantagens do uso do gás natural nos veículos, destacando sua competitividade econômica em relação à gasolina e etanol, segundo explicou o diretor Técnico Comercial da distribuidora, Germano Lucena.

A companhia anunciou a extensão do programa após avaliar os resultados obtidos no ano passado. “Tivemos um volume satisfatório de conversões no ano anterior, um resultado equilibrado em relação ao pacote que foi oferecido”, disse Germano. “Então avaliamos que a extensão do benefício será importante para a empresa e, claro, para aqueles proprietários que sempre quiseram optar pelo GNV e encontram dificuldades em relação às despesas com instalação”.

Segundo ele, a extensão da oferta do bônus já está valendo a partir deste mês, e a promoção será válida para todo cidadão interessado em aderir ao GNV. “É válido para qualquer pessoa, mas os taxistas serão beneficiados duas vezes: uma pela promoção, outra pelo crédito oferecido pelo Empreender Paraíba, o programa do Governo do Estado que financia as despesas de instalação através do parcelamento em até dois anos, com quatro meses de carência para o pagamento da primeira mensalidade”.

No início desta semana, a PBGás encaminhou uma carta circular aos proprietários das empresas responsáveis pela instalação dos kits, orientando sobre os procedimentos a serem tomados pelos clientes. A carta foi encaminhada apenas às convertedoras credenciadas junto à PBGás, além de cadastradas no programa que funcionou no ano passado.

“Solicitamos às convertedoras cadastradas que avisem aos proprietários de veículos que ainda não deram entrada na documentação”, informou o gerente de Mercado Industrial e Veicular da distribuidora, Evaldo Mello.  “Eles devem comparecer à nossa sede até o dia 3 de junho para solicitação do incentivo. A perda do prazo vai implicar na exclusão do beneficiário do Programa”, alertou Evaldo.