Fale Conosco

9 de janeiro de 2014

Paraíba é segundo maior exportador de calçados do país



A Paraíba é o segundo maior estado exportador calçadista do Brasil. Os dados são da Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados) e apontam que o estado atingiu a marca de 25 milhões de pares vendidos para o exterior. Sobre a receita com as exportações, a Paraíba também ocupa posição de destaque, sendo o quarto maior do país, com 90 milhões de dólares negociados.

De acordo com dados do Sindicato da Indústria de Calçados da Paraíba (Sindicalçados-PB), o segmento possui cerca de 300 empresas em todo o estado, empregando aproximadamente 25 mil funcionários.

Estes números compõem o Polo Calçadista da Paraíba que tem se consolidado a cada ano e transformado a Paraíba em referência no Brasil, segundo a presidente da Companhia de Desenvolvimento da Paraíba (Cinep), Tatiana Domiciano. “A Paraíba tem tradição na produção coureiro-calçadista e o ambiente de negócios oferecido aqui tem favorecido os novos investimentos. Os números de nossas exportações são prova disso e estamos buscando, cada vez mais, aperfeiçoar a produção das empresas paraibanas”, comentou.

Para expandir este potencial do Polo Calçadista Paraibano, o Governo da Paraíba, através da Cinep, em parceria com o Serviço de Apoio às Micros e Pequenas Empresas da Paraíba (Sebrae-PB) e a Prefeitura de Campina Grande, está incentivando a participação de 13 empresas paraibanas na 41ª Feira Internacional de Calçados, Artefatos de Couro e Acessórios de Moda (Couromoda), em São Paulo. O evento acontece entre os dias 13 e 16 de janeiro, no Pavilhão do Anhembi, onde os empresários paraibanos ocuparão um estande de 150 m².

Treze empresas paraibanas confirmaram presença na Couromoda: Be e Bi, Hawai, Via Shalon, Bebezinho, Termo-PU, Personal Sandálias, Pekenos Mimos, Via Arte, Carreiro, D’fera, Donna, Recboll e Eva Bag & Shoes. Na Couromoda, serão expostas 2.000 coleções outono/inverno 2014 e meia estação de calçados femininos, masculinos e infantis, além de bolsas, artigos esportivos e acessórios de moda.

A Feira é uma das principais feiras do segmento de calçados do país e os negócios fechados e encaminhados durante o evento respondem por até 35% das vendas anuais do setor, segundo dados dos organizadores. A expectativa deles é de que passem pelo evento 85 mil profissionais do setor e compradores de mais de 60 países.

Para o presidente do Sindicato da Indústria de Curtimento de Couros e Peles do Estado da Paraíba, Sebastião Acioly, a Couromoda define as vendas dos primeiros meses do ano. “A Feira serve de vitrine para comercialização dos nossos produtos em todo o país. As coleções outono/inverno são um mercado a ser cada vez mais explorado pelos empresários paraibanos, para assim termos mais competitividade no cenário nacional”, frisou.