João Pessoa
Feed de Notícias

Paraíba é representada em Encontro de Gestores LGBT em São Paulo

segunda-feira, 20 de junho de 2011 - 18:08 - Fotos: 

Durante os 31 dias de comemoração do mês do orgulho LGBT, serão realizadas em São Paulo diversas atividades culturais. Entre elas, o ciclo de palestras sobre temas que envolvem a homossexualidade; a feira cultural realizada no vale do Anhangabaú; e a parada LGBT. A Paraíba está sendo representada pela Gerência Executiva de Direitos Sexuais e LGBT da Secretaria de Estado da Mulher e da Diversidade Humana.

Nesta segunda-feira (20), está sendo realizado o Encontro de Gestores LGBT, que busca a criação do Fórum de Gestores LGBT, com discussão e aprovação do Estatuto. O evento acontece no Espaço da Cidadania, no Centro de São Paulo. Nesta terça-feira (21), será realizado, das 10h às 17h, o Simpósio “Políticas Públicas para a Diversidade Sexual – conquistas, desafios e possibilidades”. Já no dia 22, quarta-feira, será realizada a reunião ordinária do Conselho Nacional de Combate à Discriminação/LGBT, na qual será discutido e aprovado o regimento da II Conferência Nacional LGBT.

Os eventos são parte da Programação da Parada de Orgulho LGBT e organizados pela Associação da Parada do Orgulho LGBT e pela Coordenadoria de Assuntos para a Diversidade Sexual da Secretaria Municipal de Participação e Parcerias. Como entidade parceira, a Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania disponibilizou infraestrutura para a realização de alguns eventos e ofereceu apoio institucional para as comemorações.

Para o gerente Operacional de Promoção da Cidadania da Secretaria de Estado da Mulher e da Diversidade Humana, Luciel Araújo de Oliveira, a participação do Governo da Paraíba representa avanços na gestão pública, principalmente no que diz respeito às políticas públicas para LGBT.  “Nossa expectativa é de que o Fórum consiga funcionar com agilidade e que represente o fortalecimento dos espaços de gestão já existentes e impulsione a criação de novas coordenadorias, gerências e de até secretarias LGBT dentro da gestão pública nos estados e municípios brasileiros”, ressalta.