João Pessoa
Feed de Notícias

Paraíba é homenageada em feira de artesanato internacional em Brasília

quinta-feira, 5 de novembro de 2015 - 18:37 - Fotos: 

O trabalho produzido pelas mãos habilidosas dos artesãos paraibanos é o grande destaque do 8º Salão de Artesanato de Brasília, o segundo maior do gênero no país, que acontece até o próximo domingo (8), no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade. São 1,5 mil profissionais do segmento de todo o Brasil distribuídos em 200 estandes.

Nesta edição, a organização espera receber um público de 80 mil pessoas e presta uma homenagem especial à Paraíba, que está sendo representada por cerca de 80 profissionais do Litoral ao Sertão através das peças confeccionadas em cerâmica, couro, madeira, fibra, renda renascença, tecelagem, fios, metal e até algodão colorido.

A gestora do Programa de Artesanato da Paraíba (PAP), Lu Maia, manifestou orgulho pela homenagem que a Paraíba está recebendo. “É o reconhecimento do nosso trabalho, pois trazemos a herança cultural e a identidade do artesão em cada produto. Já somos bem aceitos e nossos produtos já rendem muitas exportações. Quem vier, além de adquirir nossa tradicionais peças, poderá conferir um pouco da nossa culinária como a cocada na quenga, cachaça, mel e rapadura”, disse.

O secretário de Representação Institucional do Governo da Paraíba em Brasília, Lindolfo Pires, acompanhado da secretária executiva, Nilda Gondim, ressaltou a troca de experiências com outros artesãos dos 27 Estados. “Mostramos o que temos de melhor e o Governo faz questão que se divulgue e prestigie. Como paraibanos ficamos bastante orgulhosos por ver nossa marca registrada ao lado de grandes profissionais”, exaltou Lindolfo.

Durante a solenidade de abertura, que aconteceu na noite desta quarta-feira (4), a secretária executiva de Segurança Alimentar e Economia Solidária, Ana Paula Almeida, destacou a importância da conquista do reconhecimento e valorização do artesanato produzido genuinamente na Paraíba. “Essa riqueza se expressa para o Brasil inteiro, a cultura é um patrimônio que precisa ser preservado e repassado de pai para filho. Assim, mostramos que essa tradição nunca morreu. Como prova, temos muitas associações e cooperativas que vem fazendo economia solidária no nosso Estado”, finalizou.

Artesãos em destaque – Representando o universo de quase 6 mil artesãos cadastrados no Programa de Artesanato da Paraíba (PAP), estão presentes em Brasília alguns mestres, como a rendeira de labirinto, Antônia Mendonça; o quilombola de argila, Sérgio Teófilo, bem como a artesã pessoense Lindalva Maria Nery, reconhecida nacionalmente em publicações e museus por suas tradicionais bruxinhas, bonecas e elementos folclóricos feitos em retalhos de pano.

Programação - Até estasexta-feira (6), o evento pode ser visto entre 16h às 22h. Já no fim de semana, a visitação será aberta ao público das 10h às 22h. Todas as noites o salão recebe ainda apresentações musicais, sempre a partir das 21h. A abertura aconteceu nesta quarta-feira (4), com o show de Tiê. Nesta quinta-feira (5), quem sobe ao palco é Ju Moraes. A programação continua nesta sexta (6), com Monique Kessous, e no sábado (7), com Felipe Salles. A entrada é franca.

No 8º Salão de Artesanato de Brasília, além da participação de artesãos e cooperativas de 20 estados brasileiros, há a participação especial de países como Índia, Indonésia, Síria, Senegal, Turquia e México.