João Pessoa
Feed de Notícias

Paraíba é escolhida para sediar Copa do Mundo de Robótica

segunda-feira, 25 de junho de 2012 - 18:40 - Fotos: 

A cidade de João Pessoa foi escolhida para sediar a Copa do Mundo de Robótica (RoboCup 2014) e o Congresso Mundial de Robótica. O anuncio de que a Paraíba receberá o maior evento de robótica do mundo foi feito ontem pela RoboCup Federation durante o congresso mundial que está sendo realizado no México.

O evento ocorrerá em julho de 2014, logo após a Copa do Mundo da FIFA, que vai acontecer no Brasil e deve atrair milhares de pessoas, de várias partes do mundo, para a Capital paraibana. O professor de robótica da Universidade Estadual Paulista (UNESP), Alexandre da Silva Simões, destacou a importância do evento que, assim como a Copa do Mundo, deixará o Brasil em evidência durante os meses de junho e julho de 2014.

“É a primeira vez que o Brasil será sede de um dos maiores encontros de tecnologia do mundo, particularmente conhecido pela plataforma do Futebol de Robôs, motivo de seu forte vínculo com a Copa do Mundo de Futebol”, ressaltou o professor.

O congresso e a copa vão trazer à Paraíba 4 mil pessoas entre a cientistas e a comunidade acadêmica de todo o mundo e se tornará o maior evento internacional já realizado na Paraíba. “São eventos que nos deixarão uma herança de pioneirismo em robótica no país e envolverá os estudantes das escolas estaduais e municipais em oficinas com equipamentos de ponta e os principais especialistas em robótica do mundo”, destacou o governador Ricardo Coutinho.

A cidade de João Pessoa concorreu com Fortaleza e outras cidades asiáticas. Para o secretário executivo de Turismo, Walter Aguiar, o interesse do governo do Estado em buscar recursos para garantir a realização dos eventos, o oferecimento de um espaço apropriado como o Centro de Convenções e o trabalho de inclusão realizado pela prefeitura de João Pessoa desde 2005 foram determinantes para a seleção da capital paraibana como sede do congresso e da copa do mundo de futebol de robôs.

A aprovação foi possível através de uma parceria entre professores de robótica de diversas universidades brasileiras, entre elas: Unesp, FEI, UFRN, UFES, UFSJ, UFCG e UNEB. A Copa do Mundo de Robótica também tem a a supervisão de 60 pesquisadores da Sociedade Brasileira de Automática (SBA) e da Sociedade Brasileira de Computação (SBC).

O evento tem apoio do Ministério do Esporte, Governo do Estado da Paraíba, prefeitura de João Pessoa e Convention Bureau.

Pioneirismo

A utilização da robótica como instrumento pedagógico na Educação Básica aconteceu no Nordeste de forma pioneira em 2007, quando na gestão do prefeito Ricardo Coutinho. O projeto de Robótica Educativa começou atendendo de 4,5 mil alunos que tiveram acesso a modernos instrumentos que uniam tecnologia e informação.