Fale Conosco

14 de setembro de 2012

Paraíba disputa final de handebol feminino nas Olimpíadas Escolares



A Paraíba garantiu nesta sexta feira (14) a vaga para a final do handebol feminino nas Olimpíadas Escolares Brasileiras com a vitória do Colégio Motiva em cima da Escola CEI, do Mato Grosso do Sul, por 24 a 13. O time paraibano enfrentará na final o representante de São Paulo, que eliminou a escola do Rio Grande do Sul pela outra semifinal. A partida será disputada neste sábado (15).

Com a larga experiência que acumulou em momentos importantes e decisivos no handebol, o técnico Isaías Gomes continua cauteloso quando o assunto é a conquista de medalha. “Claro que viemos aqui para ganhar uma medalha, de preferência a de ouro. Mas sabemos que a caminhada é longa. Por isso mesmo trabalhamos forte ao longo de todo o ano, principalmente para esse desafio. Agora vamos descansar o corpo e a mente da garotada para mais um momento decisivo sem abusar da confiança”, afirmou.

Destaque na campanha positiva do Colégio Motiva Tambaú, Mariah Leite deve mesmo se transferir para o Pinheiros de São Paulo, mas revelou que no momento atual só pensa em conquistar uma medalha em Poços de Caldas. “Todo grupo está focado nessa conquista e comigo não é diferente.O assunto Pinheiros será tratado quando estiver em João Pessoa, com a medalha conquistada, se Deus quiser. Nosso time está motivado e só esperando por mais um momento de decisão”, declarou.

Vôlei feminino  -  Depois de perder de 3×0 para o Colégio Tancredo Neves-RO, o time do Colégio IE, de João Pessoa, decide na manhã deste sábado (15) a medalha de bronze nas Olimpíadas Escolares do Brasil. O confronto está marcado para o Ginásio da Caldense, a partir das 8h30, contra o Colégio Miguel de Cervantes-AM.

Com duas derrotas em dois jogos que disputou nas duas fases das Olimpíadas Escolares, o professor Idebaldo Grisi espera por uma reação do elenco do Colégio IE no último dia de disputas em Poços de Caldas. “Quem acompanhou o nosso time em Poços de Caldas sabe que o grupo é muito jovem e ainda precisa amadurecer mais em competição nacional. Agora vamos para a disputa do bronze, mas sabendo que será mais um desafio difícil”, observou.