João Pessoa
Feed de Notícias

Paraíba cria norma sanitária para serviços de teleradiologia

terça-feira, 29 de dezembro de 2009 - 11:48 - Fotos: 

A emissão de laudos de exames de radiologia via internet (teleradiologia) terá normas técnicas a partir do próximo ano. A Paraíba é o primeiro Estado do país a anunciar a regularização do serviço, que passará a ser inspecionado pela Agência Estadual de Vigilância Sanitária (Agevisa).
 
Segundo informações da diretoria de Ciência e Tecnologia Médica da Agevisa, as regras foram elaboradas para que o novo método da medicina exercida a distância atenda as exigências da Agência reguladora. A ‘teleradiologia’ oferece aos pacientes resultados mais rápidos de raios X, mamografias, ressonâncias magnéticas e tomografias computadorizadas, por isso deve garantir diagnósticos precisos aos pacientes.

“O objetivo é prevenir o surgimento de serviços de teleradiologia na Paraíba sem padrão mínimo de qualidade e segurança para o paciente”, disse o diretor técnico de Ciência e Tecnologia Médica, Molina Rodriguez.

Entre as regras definidas pela Agevisa, os serviços de centro de diagnóstico e emissão de laudos de exames à distância deverão comprovar a especialização médica em radiologia, a manutenção do equipamento receptor de imagens e obter a autorização de funcionamento na vigilância sanitária.

De acordo com o diretor geral da Agevisa, José Alves Cândido, a Paraíba avança ao estabelecer uma norma sanitária para o serviço de teleradiologia. “Vemos a necessidade de normatizar esse serviço que já está em funcionamento em clínicas do interior do estado e reconhecemos a importância dessa atividade pela rapidez no diagnóstico de determinadas doenças”, destacou.
A norma reguladora destinada a teleradiologia serão disponibilizada a partir de janeiro para consulta pública no site do Governo.

Assessoria de Imprensa da Agevisa