João Pessoa
Feed de Notícias

Paraíba coordena reunião da ‘Operação Divisa Segura’ no Maranhão

terça-feira, 7 de maio de 2013 - 15:16 - Fotos: 

Pela segunda vez este ano, a Paraíba coordenou uma reunião da ‘Operação Divisa Segura’. O XVII Encontro do Comitê Integrado de Segurança Pública do Nordeste aconteceu em São Luis (MA) e contou com  representantes das polícias Civil, Militar e Corpo de Bombeiros de toda a região, além do secretário da Segurança Pública maranhense, Aluísio Guimarães Mendes Filho.

A operação Divisa Segura já acontece há dois anos e desde o mês de fevereiro de 2013 o secretário executivo da Segurança e da Defesa Social da Paraíba, Jean Nunes, está à frente da coordenação ações integradas que têm como principal objetivo prevenir e combater crimes contra a vida, tráfico de drogas e crimes patrimoniais nos nove estados da região, especialmente ocorrências envolvendo instituições bancárias. “A primeira reunião foi realizada em março, em Sergipe, e dessa vez os representantes da Paraíba, delegado Isaías Gualberto e tenente coronel Júlio César, que compõem a atual  coordenação, geriram as discussões juntamente com o coordenador adjunto da Operação e secretário executivo do Rio Grande do Norte, Airon Ferraz”, esclareceu Jean Nunes.

Segundo Ferraz, os encontros são essenciais para  traçar as próximas ações integradas no Nordeste, entre elas a fiscalização de explosivos na região. “Aqui planejamos operações a serem realizadas nos próximos 40 dias e tratamos, por exemplo, de ações conjuntas com o Exército. Superamos as vaidades pessoais e institucionais e com isso obtivemos sucesso em diversas operações, inclusive aquelas que buscam combater os roubos a banco”, afirmou o secretário.

Para Aluísio Mendes, segurança pública é um dos temas que mais preocupam e a responsabilidade sempre recai sobre os operadores de segurança pública. “Por isso, está na hora de nós cobrarmos do Congresso Nacional a potencializarão das ações voltadas para a segurança pública, alteração de legislações e disponibilização de recursos compatíveis com a necessidade de enfrentamento à violência nos estados”, frisou.

Segurança agropecuária – Durante a reunião, também foi apresentada aos gestores um estudo realizado pela Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão. Os temas abordados foram a fiscalização de transporte de gado e derivados do leite, assim como segurança alimentar.

De acordo com Margarida Prazeres, diretora de defesa e inspeção da agência, o órgão tem agido de forma integrada com a Polícia Rodoviária Federal no estado na fiscalização do material transportado. “É preciso garantir  a segurança não só alimentar, mas também o uso do transporte desse material para outras práticas que não são legais”, afirmou, acrescentando que a Aged recebe denúncias através do número 0800 280 6006.