João Pessoa
Feed de Notícias

Paraíba busca convênio de cooperação com instituto de pesquisa alemão

quarta-feira, 30 de novembro de 2011 - 14:51 - Fotos: 

O Governo da Paraíba deve firmar convênio de cooperação com o Fraunhofer Institute for Experimental Software Engineering (Iese), para envio, à Alemanha (sede do Instituto), de estudantes de graduação e pós-graduação das áreas de engenharia, tecnologia e informática. O primeiro contato nesse sentido foi feito pelo secretário executivo da Indústria e Comércio, Marcos José de Araújo Procópio, que integrou a Missão Brasileira que participou da Médica – Feira Mundial de Medicina, realizada em Düsseldorf, na Alemanha, no período de 16 a 19 deste mês.

Representando a Paraíba, a convite do Governo Federal, Marcos Procópio foi à Alemanha em companhia de representes do Ministério da Saúde e da Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos, Odontológicos, Hospitalares e de Laboratórios (Abimo), entidade organizadora da participação de empresários brasileiros no evento, juntamente com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). A Missão Brasileira também teve a participação de técnicos da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

“Na Alemanha, foram vários os contatos mantidos, começando pelo acordo, ainda verbal, de cooperação para que a gente possa enviar estudantes de graduação e de pós-graduação para a Alemanha”, ressaltou o secretário. Destacando também a presença da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) no evento, ele explicou que o Fraunhofer é considerado hoje o maior instituto de pesquisa da Europa, e conta com quase 17 mil pesquisadores em seus quadros, sendo o seu trabalho focado na geração de produtos inovadores para serem aplicados na indústria.

Espalhado por toda a Europa e contando com 60 unidades dentro da Alemanha, o Instituto Fraunhofer mantém atualmente apenas um convênio de cooperação com o Brasil, especificamente com a cidade de Campina Grande. No município paraibano, que é reconhecido internacionalmente pela sua vocação inovadora, deverá ser inaugurado, em junho de 2012, o Laboratório de Certificação de Software para Área de Saúde – o primeiro laboratório brasileiro criado por meio de convênio com o Fraunhofer, numa parceria que envolve também a UEPB, representada especialmente pelo professor Misael Morais, e o Ministério da Saúde.

No ato da inauguração, que deverá contar com a representação do instituto de pesquisa alemão, o Governo da Paraíba espera fechar o acordo de cooperação para o envio dos estudantes das áreas de Tecnologia, Engenharia e Informática à Alemanha. O custeio relacionado à estadia dos alunos deverá ser financiado pelo governo brasileiro, através do Ministério de Ciência e Tecnologia.

Sede na Paraíba – Durante reuniões realizadas na semana seguinte após a Feira Médica (nos dias 21 e 22), o secretário Marcos Araújo Procópio participou de reunião na sede do Iese e apresentou o convite do Governo do Estado para que o instituto de pesquisa instale uma de suas unidades na Paraíba. Há pouco mais de dois anos, o Fraunhofer mantém contatos com o Estado da Bahia, nesse mesmo sentido, mas até o momento o projeto não foi concretizado. “Somos candidatos em potencial na disputa para que o Instituto Fraunhofer venha se instalar na Paraíba, caso não concretize o acordo com a Bahia”, comentou o secretário.

Destino Paraíba – Ainda na Alemanha, o secretário participou, a convite da Abimo, de um jantar com vários empresários brasileiros. “Na ocasião, o presidente da Abimo nos convidou a participar do encontro anual que eles realizam em São Paulo. A ideia é apresentar a Paraíba como destino para a instalação dessas indústrias”, informou.

Na reunião-jantar foram feitos contatos com uma média de 80 empresas da área médico-hospitalar. “Fizemos também contato com toda a cúpula da Anvisa, porque nenhuma empresa dessa área pode vir para a Paraíba sem a autorização e o aval dessa agência”, ressaltou.