Fale Conosco

10 de novembro de 2015

Paraíba bate recorde em vendas no 8º Salão de Artesanato de Brasília



salao de artesanato em brasilia homenagem pb 2 270x191 - Paraíba bate recorde em vendas no 8º Salão de Artesanato de BrasíliaOs paraibanos conquistaram os lojistas e turistas que visitaram o 8º Salão de Artesanato de Brasília superando recorde com a venda de R$ 30 mil em peças artesanais produzidas pelos artesãos de 80 municípios cadastrados no Programa de Artesanato da Paraíba (PAP), do Governo do Estado. Os dados foram divulgados nesta terça-feira (10) pela coordenação do salão.

O evento, encerrado nesse domingo (8), reuniu várias tipologias e trabalhos de artesãos de todo o país, inclusive do exterior, como índia, Indonésia, Senegal, Síria, Turquia e México. A Paraíba foi o estado homenageado resultando na venda de 854 peças feitas em cerâmica, couro, madeira, fibra, renda renascença, tecelagem, fios, metal e algodão colorido.

“Tivemos um aumento de 127% nas vendas, em relação ao ano passado, nossos artesãos ficaram bastante satisfeitos com a experiência e recebemos todo o apoio através da secretaria de Representação Institucional do Governo da Paraíba em Brasília”, ressaltou a gestora do PAP, Lu Maia.

salao de artesanato em brasilia homenagem pb 4 270x191 - Paraíba bate recorde em vendas no 8º Salão de Artesanato de BrasíliaNesta edição, que aconteceu no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade, foram recebidas cerca de 80 mil pessoas que puderam ver de perto o trabalho de alguns mestres paraibanos, como a rendeira de labirinto, Antônia Mendonça; o quilombola de argila, Sérgio Teófilo, bem como a artesã pessoense Lindalva Maria Nery, reconhecida nacionalmente em publicações e museus por suas tradicionais bruxinhas, bonecas e elementos folclóricos feitos em retalhos de pano.

Salão de Artesanato da Paraíba – A pouco mais de um mês para o início do 23º Salão de Artesanato da Paraíba, diversos profissionais entre artesãos, arquitetos e decoradores trabalham nos preparativos do evento, que vai ser realizado de 8 a 31 de janeiro de 2016, sem interrupção, no Espaço Cultural José Lins do Rego, no bairro de Tambauzinho, em João Pessoa. 

Como ressalta o tema “O espaço é do povo e o algodão colorido é paraibano”, a organização escolheu o algodão colorido para ser a tipologia homenageada. Os visitantes poderão conferir os estandes no horário das 14h às 22h. A entrada será gratuita.