João Pessoa
Feed de Notícias

Paraíba avança em ranking nacional e Ricardo recebe Prêmio Excelência em Competitividade

quarta-feira, 20 de setembro de 2017 - 14:56 - Fotos:  Divulgação

A Paraíba é o décimo Estado mais competitivo do país e o primeiro do Nordeste, registrando um grande avanço no Ranking de Competitividade dos Estados 2017, mesmo diante da crise nacional. Com esse desempenho, o Estado conquistou o Prêmio Excelência em Competitividade, que foi entregue ao governador Ricardo Coutinho pelo Centro de Liderança Pública (CLP), responsável pelo ranking que analisa 66 indicadores, agrupados em 10 pilares, que ainda é assinado pela The Economist e Tendências. A entrega do prêmio ocorreu nesta quarta-feira (20), durante solenidade em São Paulo, que contou também com as presenças da vice-governadora Lígia Feliciano e do secretário da Comunicação Institucional, Luís Tôrres.

Ao receber o prêmio, o governador Ricardo Coutinho externou sua satisfação em ver o reconhecimento nacional pelo crescimento e evolução do Estado, fruto do trabalho com responsabilidade e compromisso desta gestão. Ele destacou ainda os investimentos do Governo do Estado em estradas, adutoras e educação, que formam uma base sólida para a competividade da Paraíba, mesmo em tempos de crise nacional.

“É preciso permitir que a política, a boa política, possa criar um ambiente de retomada do crescimento, em todas as regiões. A economia não pode ser uma ciência apenas de números, mas uma ciência social, pronta para transformar para melhor a vida das pessoas. Estamos investindo em estradas, adutoras, melhorias na educação, tudo para proporcionar o crescimento do Estado”, ressaltou o governador Ricardo Coutinho. “A Paraíba é único estado do Nordeste entre os dez melhores colocados no Ranking de Competividade, o que nos deixa muito felizes por ver que, através de muito trabalho, estamos avançando”, pontuou.

A Paraíba foi um dos Estados que mais ganharam posições no Ranking da Competitividade – ao lado de Acre Rondônia, passando da 15ª para a 10ª posição, em relação ao ano anterior; enquanto Amapá, Amazonas e Pernambuco foram os estados que mais perderam posições. Além de apresentar média maior que a nacional, pulando de 47,8 em 2016 para 49,8 pontos, a Paraíba mereceu destaque nas áreas de educação, segurança pública e sustentabilidade social. Na Educação subiu cinco posições em relação ao ano passado, (de 19ª para 14ª colocação). Em Segurança Pública, saiu da 24ª posição para 13ª.

De acordo com o ranking do Centro de Liderança Pública, a Paraíba e o Ceará são os representantes do Nordeste mais bem colocados no Ranking de Competitividade 2017 figurando nas 10ª e 11ª colocações, respectivamente, à frente de Mato Grosso e Goiás. No cômputo geral, o estado de São Paulo continua na primeira colocação no Ranking de Competitividade dos Estados, seguido de Santa Catarina, que subiu da 3ª para a 2ª colocação, e o Paraná, que caiu da 2ª para a 3ª posição em relação ao ano anterior. O Distrito Federal segue na 4º colocação. Os últimos colocados foram os estados de Maranhão, Amapá e Sergipe, enquanto Alagoas conseguiu sair da última posição, passando para 24º.

Sobre o ranking – Em sua sexta edição, o Ranking apresenta a análise e capacidade competitiva de todos os estados brasileiros, além do Distrito Federal, em 66 indicadores, agrupados em 10 pilares. Entre os indicadores, 35 são comparados com dados internacionais de 34 países membros da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

10 pilares – Os dez itens analisados são infraestrutura, educação, capital humano, sustentabilidade ambiental, segurança pública, sustentabilidade social, solidez fiscal, potencial de mercado, inovação e eficiência da máquina pública.