Fale Conosco

8 de junho de 2009

Paraíba avalia política de gestão do SUS



A Paraíba é o terceiro Estado brasileiro a realizar um evento estadual para discutir a política de gestão estratégica e participativa do Sistema Único de Saúde (ParticipaSUS). Durante o 1º Seminário Estadual de Fortalecimento da Gestão Participativa da Paraíba, realizado nesta segunda-feira (8), no Espaço Cultural José Lins do Rego, em João Pessoa, o secretário de Saúde do Estado, José Maria de França, destacou que os gestores precisam se entusiasmar com o SUS para qualificar os serviços oferecidos e dar ‘uma nova alma’ à saúde pública.

“Espero que os eventos que estamos realizando esta semana (Seminário de Gestão Participativa, Acolhimento aos Gestores, Plenária dos Conselhos e Caravana do SUS) sejam um marco na Paraíba, para motivar essa nova gestão que está se constituindo agora. Nesses três meses de trabalho, já percebi que o SUS está desmotivado no nosso Estado e queremos aproveitar esse momento para que haja um entusiasmo maior. Eu sou um entusiasta do SUS. Eu acredito no sistema e na municipalização”, disse o secretário.

A subsecretária interina de Gestão Estratégica e Participativa do MS e representante do Conselho Nacional de Saúde, Maria Natividade Santana, fez o primeiro painel do seminário, explicando o funcionamento do ParticipaSUS. “Formular e deliberar juntos significa um avanço para o controle social e este é o desafio apresentado à gestão participativa, que requer a adoção de práticas e mecanismos inovadores que efetivem a participação popular”, disse.
ParticipaSUS – O ParticipaSUS é uma política que prevê um conjunto de atividades voltadas ao aprimoramento da gestão do sistema, para uma maior eficácia e efetividade, por meios de ações que incluem o apoio ao controle social (a educação popular, a mobilização social e a busca da igualdade), o monitoramento e a avaliação da gestão e a implantação de ouvidoria e  auditoria nos serviços públicos de saúde. Nos últimos dois anos, o Ministério da Saúde liberou quase R$ 2 milhões para a Paraíba colocar em prática as ações estabelecidas pela política nacional.

Entre as diretrizes da política, destacam-se a promoção da inclusão social de populações específicas e a valorização dos diferentes mecanismos de participação popular e de controle social, especialmente dos conselhos e das conferências de saúde. O seminário também servirá para a elaboração de uma agenda estratégica para a implementação das ações inerentes ao Participa SUS na Paraíba, este ano. 

Além de gestores, trabalhadores e usuários do SUS, participaram do evento, a secretária de Saúde de João Pessoa, Roseana Maria Barbosa Meira; o presidente do Conselho Estadual de Saúde, Antônio Eduardo Cunha, e a representante do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde da Paraíba (Cosems), Porcina dos Remédios Gomes Trigueiro, que compuseram a mesa na abertura da solenidade, mais o secretário José Maria de França e Maria Natividade Santana.

Série de eventos – O seminário foi o primeiro de uma série de eventos que a SES realiza esta semana. O Seminário de Acolhimento aos Gestores Municipais de Saúde, com abertura agendada para a noite da segunda-feira, continua hoje, no Palazzo Cristal, na estrada de Cabedelo.

Também nesta terça-feira, acontece a 6ª Plenária Estadual de Conselhos de Saúde, no Espaço Cultural. Na quarta-feira (10), o governador José Maranhão e o secretário José Maria de França recebem a Caravana em Defesa do SUS, no mesmo local.

  
 
Assessoria de Comunicação da SES, com fotos de Walter Rafael