João Pessoa
Feed de Notícias

Paraíba aplicará 55 mil vacinas contra gripe A na 1ª etapa da campanha

sexta-feira, 5 de março de 2010 - 15:25 - Fotos: 

A partir desta segunda-feira (8) tem início, em todo o território nacional, a campanha de vacinação contra a influenza A (H1N1). Na Paraíba, 5.583 profissionais vão atuar em 1.007 postos de vacinação, distribuídos nos 223 municípios do Estado. A meta é imunizar 1.750.000 pessoas até o dia 21 de maio. O Ministério da Saúde dividiu a campanha por grupos prioritários. Os indígenas e profissionais de saúde serão imunizados primeiro, no período de 8 a 19 deste mês. Na Paraíba, dados da Secretaria de Estado da Saúde (SES) mostram que este grupo corresponde a 53 mil pessoas. 

O coordenador de imunização da SES, Walter Albuquerque, esclarece que não adianta as pessoas que não fazem parte deste primeiro grupo prioritário procurarem os postos de saúde, neste primeiro momento. “De 8 a 19 de março, só vão ser vacinados os índios e quem trabalha na saúde. Cada município deverá fazer sua estratégia de vacinação. Acredito que vai haver postos móveis nos hospitais para imunizar quem trabalha nesses locais”, frisou.  

Vacinas – As primeiras 55 mil doses da vacina chegaram à Paraíba na quarta-feira (3) e foram distribuídas para as 12 gerências regionais de saúde, que repassaram o material aos postos de vacinação. As doses, segundo Walter, são do Instituto Butantan. Uma nova remessa deve chegar ao Estado antes do início da segunda etapa da campanha, que acontecerá de 22 de março a 2 de abril. Esta fase terá como foco as gestantes, crianças de seis meses a menores de 2 anos de idade, além de doentes crônicos, totalizando cerca de 200 mil pessoas.

A SES orienta que quem estiver dentro dos grupos prioritários deverá levar uma identificação para poder ser imunizado. “O Ministério da Saúde dividiu por grupos prioritários, para que as vacinas sejam produzidas. À medida que for iniciando uma fase da campanha, as remessas vão sendo encaminhadas para os estados, de forma que a campanha vai contemplar todos os grupos prioritários. Por isso, é importante também a identificação das pessoas que procurarem os postos de saúde”, explicou Walter Albuquerque.

Treinamento – Nesta sexta-feira (5) pela manhã, cerca de 50 profissionais que vão trabalhar imunizando a população indígena, a partir de segunda-feira (8), foram treinados no Hotel do Caju, em Intermares, município de Cabedelo. A palestra foi ministrada por Walter Albuquerque.

“Estamos esclarecendo os vacinadores, técnicos e médicos envolvidos na campanha sobre os detalhes da vacina contra a influenza A (H1N1). Esses técnicos são de Marcação, Rio Tinto e Baía da Traição. Eles são responsáveis pela imunização da população indígena, que corresponde a 12 mil índios”, afirmou. Walter acrescentou que os profissionais das 12 regionais de saúde, responsáveis pelos 223 municípios da Paraíba, já receberam treinamento durante a semana passada. Ele orientou que não deve se vacinar quem tem alergia a proteína do ovo da galinha, quem apresentar febre ou infecção grave.   

Cadastro na Internet – A partir de segunda-feira (8), as pessoas poderão optar por ser informadas, via e-mail, sobre a data de vacinação de cada um dos grupos prioritários. Na página do Ministério da Saúde (www.portal.saude.gov.br), o internauta poderá cadastrar seu endereço eletrônico e selecionar a data de vacinação do grupo no qual ele está inserido. Seguindo uma orientação nacional, a campanha de vacinação contra a influenza A foi dividida por grupos prioritários. Veja a tabela a seguir:

Grupos prioritários Data
Indígenas e profissionais de saúde 8 a 19 de março
Gestantes, crianças de 6 meses a menores de 2 anos e doentes crônicos 22 de março a 2 de abril
População com faixa etária entre 20 e 29 anos 5 a 23 de abril
Idosos com 60 anos ou mais – portadores de deficiências crônicas 24 de abril a 7 de maio
População com faixa etária entre 30 e 39 anos 10 a 21 de maio

Da Assessoria de Imprensa da SES-PB