João Pessoa
Feed de Notícias

Para Ricardo, AACD agiliza criação de rede de reabilitação motora

segunda-feira, 24 de outubro de 2011 - 17:15 - Fotos: 

Nesta segunda-feira (24), o governador Ricardo Coutinho destacou que a vinda da Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD) para Campina Grande vai agilizar a formação de uma rede de reabilitação motora do Estado. O objetivo da instituição é proporcionar atendimento referenciado às pessoas com deficiência em João Pessoa, Campina Grande e no Sertão.

Durante entrevista na rádio Tabajara, Ricardo disse que o governo investirá na estrutura da Fundação de Apoio ao Deficiente (Funad), levando melhorias à sede, na Capital (construção de um ginásio coberto e de uma piscina), e promovendo a sua descentralização, com a construção de outra unidade no Sertão. Desta forma, a Paraíba terá três serviços de reabilitação motora, sendo uma em João Pessoa, uma em Campina e outra no Sertão.

Ainda em clima de comemoração, Ricardo disse que a Paraíba viveu uma semana especial e que o povo paraibano ajudou na disputa nacional para receber uma AACD. Segundo ele, o projeto de Lei pedindo autorização dos parlamentares para a doação do terreno que abrigará a AACD em Campina Grande foi encaminhado nesta segunda-feira (24), para a Assembleia Legislativa.

O governador disse que a previsão é iniciar a obra da AACD ainda este ano, sendo concluída em um ano. “O governo garante a doação de um terreno no bairro de Bodocongó e o custeio para o funcionamento da entidade”, ressaltou. Segundo ele, o funcionamento será complementado pela prefeitura de Campina Grande, com o credenciamento do serviço no SUS.

Luta – O governador lembrou que a luta pela AACD vem sendo travada desde dezembro do ano passado, quando o senador Cássio propôs a instalação do equipamento em Campina Grande e pediu apoio para entrar na disputa. “Desde então, trabalhamos muito para isso. Fomos conhecer uma unidade da AACD em Recife e em São Paulo, recebemos a direção da instituição, garantimos terreno e o custeio para o seu funcionamento e convidamos a população a participar dessa luta. Agradeço a direção da AACD em nome da Paraíba e desse povo que doou, se mobilizou, se uniu e conseguiu trazer para nosso estado essa importante instituição, que atua decisivamente na reabilitação motora dos que necessitam”, completou.

Ele acrescentou que, em momento algum, partidarizou a AACD, por ser esta uma instituição que não se mistura com propaganda eleitoral. “É uma instituição respeitada, importante na vida de muitas famílias e que pertence ao terceiro setor, como são as Organizações Sociais. Todo esse trabalho silencioso foi feito para mostrar que o melhor local para se construir a AACD era Campina Grande, por estar no centro da região, por ser a maior cidade do interior nordestino e por dialogar com toda a região”.

Para Ricardo, agora é hora de união e de colaboração entre os profissionais de várias áreas da saúde, na dedicação, um ou dois dias da semana, ao acompanhamento de uma criança no grande desafio de andar e se adequar à realidade dentro de suas limitações. “É a força desses voluntários que impulsiona o trabalho da AACD no Brasil. Com certeza, o voluntário aprende muita coisa e se sente motivado com a evolução de cada criança na superação de tantas dificuldades”, finalizou.