João Pessoa
Feed de Notícias

Palmari Lucena lançará seu primeiro livro na Fundação Casa de José Américo

terça-feira, 7 de junho de 2011 - 10:05 - Fotos: 

A Fundação Casa de José Américo e as Edições Bagaço lançarão nesta quinta-feira (9) o livro “Nem aqui, Nem ali, Nem acolá”, o primeiro da autoria do ex-diplomata da ONU, Palmarí Lucena. A solenidade será às 18h30, no auditório da instituição, na orla do Cabo Branco, em João Pessoa, e a apresentação do livro será feita por Agassiz de Almeida Filho.

“Nem aqui, nem ali, nem acolá” é uma coletânea de crônicas de situações humanas vividas em países de todos os continentes. O autor, Palmarí Lucena, conviveu com uma diversidade muito grande de povos e culturas, trabalhando em programas contra a pobreza e adição a drogas; administrando a ajuda humanitária da Igreja Católica dos Estados Unidos na África e América Central ou implantando os programas de desenvolvimento socioeconômico na América Latina e Caribe, como funcionário sênior da ONU.

As crônicas são fotografias de situações que deixam entrever uma profunda sensibilidade humana frente aos problemas sociais manifestados pelas pessoas, grupos e povos nas mais diversas realidades. Algumas crônicas são antológicas como “Os sutiãs que empoderaram as mulheres do vilarejo”, ou “Lucy o diamante na terra” ou, ainda, “Uma boneca chamada Victoria”.

O autor utiliza uma linguagem envolvente, com frases curtas, às vezes, propositalmente incompletas, a envolver o leitor e convidá-lo a se emocionar, entrar na história tomando parte dela, colocando-se, primeiro, no lugar dos personagens. A partir desse lugar social e com esse olhar, promover ações em que as pessoas se coloquem como sujeitos da sua história.

“Nem aqui, nem ali, nem acolá” assume uma dimensão de mundo, também pela abordagem dos grandes temas da humanidade, sempre a partir do cotidiano. É uma crônica social dos povos, que tomam a palavra e assumem posições, com humor e sabedoria. É um livro onde estão escritos muitos nomes de pessoas, de lugares, de povos, muitas e diversificadas expressões, uma infinidade de situações, de formas de viver e de alternativas encontradas com inventividade.

Trata-se de um livro de memória, que condensa o clamor dos povos pela convivência na diversidade das diferenças, sem discriminação, pela solidariedade, pela paz. É a crônica da vida, em favor da vida.

Perfil – Natural de João Pessoa, Palmarí é expert de renome e conferencista internacional sobre oportunidades de negócio em programas e projetos financiados por organismos multilaterais.