Fale Conosco

23 de dezembro de 2012

PAC e SUPLAN fecham o ano com um importante volume de obras licitadas no Estado



O secretário executivo de Obras do Programa de Aceleração do Crescimento – PAC e superintendente da SUPLAN, Ricardo Barbosa, está num ritmo intenso de trabalhos para fechar o ano de 2012 com um número significativo de obras licitadas em toda a Paraíba. Segundo ele, o balanço é bastante positivo o que evidencia as ações do governo Ricardo Coutinho nos diversos setores, sobretudo, no de infraestrutura do Estado.

São obras referentes aos serviços de saneamento básico e recursos hídricos, que envolvem a construção de barragens e adutoras e de esgotamento sanitário, mobilidade urbana, recuperação dos estádios de Futebol, Teatros, Espaço Cultural e construção e reformas de escolas públicas, além da construção de seis escolas profissionalizantes nos municípios de João Pessoa, Bayeux, Mamanguape, Cuité, São Bento e Cajazeiras.

O total de recurso previsto é da ordem de R$ 1bilhão oriundo das ações do PAC 2, nos diversos Grupos 1, Grupo 2 e Grupo 3, recursos Orçamento Geral da União, Ministério da Integração, Ministério das Cidades, Ministério da Saúde/Funasa, Ministério da Educação e do Tesouro do Estado da Paraíba.

Conforme o secretário, Ricardo Barbosa, a Comissão Especial de Licitação de Obras do Governo do Estado da qual ele é o presidente já promoveu dezenas de certames licitatórios sob Concorrências e Regime Diferenciado de Contratação das quais 25 já foram finalizadas e 06 estão em andamento envolvendo recursos da ordem de R$ 321 milhões em obras projetadas para diversos municípios paraibanos.

“O nosso balanço é bastante positivo neste ano de dois mil e doze em termos de implementações de obras no Estado pelo governador Ricardo, de forma que esperamos entrar o ano novo já com essas obras em ritmo acelerado de conclusão para que o governo possa entregar à população, uma vez que, representam significativas melhorias na qualidade de vida de todos os paraibanos. Estou certo de que dois e treze será um marco na história das obras públicas em nosso Estado”, destacou o secretário.