Fale Conosco

31 de julho de 2009

Ouvidoria será implantada no Hospital Regional de Emergência e Trauma



Um serviço de Ouvidoria será implantado no Hospital Regional de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga  Fernandes. O anúncio foi feito nesta quinta-feira pelo diretor geral do hospital, médico João Menezes.  A ouvidoria será um canal aberto para ouvir as sugestões e reclamações da população. Ou seja, será o canal de cidadania que funcionará ligando o povo a instituição.
      
O projeto para implantação da ouvidoria já foi encaminhado pelo diretor João Menezes para apreciação da Secretaria Estadual de Saúde. “Eu já encaminhei o pedido para a implantação da ouvidoria  para que a população seja o canal de cidadania”, explicou João Menezes.
  
Conforme  afirmou João Menezes, quando a ouvidoria estiver funcionando, a população terá acesso direto ao Hospital Regional onde poderá fazer suas reclamações, opiniões, dar sugestões e também fazer elogios.  Para isso uma linha telefônica será disponibilizada.
    
Através deste novo canal de comunicação, o público poderá registrar suas reclamações que, dependendo do caso, serão resolvidas na mesma hora de maneira ágil e eficiente.  O serviço de Ouvidoria também deverá realizar pesquisa de satisfação nas unidades de internação e no setor de emergência.
    
O diretor João Menezes disse que está apenas aguardando o sinal verde do secretário de Saúde José Maria de França para implantar a ouvidoria do Hospital Regional de Emergência e Trauma.

Assessoria de Imprensa do Trauma de Campina Grande