João Pessoa
Feed de Notícias

Ouvidoria Geral do Estado realiza encontro para avaliar metodologia de trabalho e planejar ações para 2017

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016 - 16:36 - Fotos: 

 O Governo do Estado, por meio da Casa Civil, promoveu nesta quarta-feira (14) o Encontro de Avaliação e Planejamento de Rede de Ouvidorias da Paraíba. O encontro foi realizado na Escola do Serviço Público do Estado (Espep), no bairro de Mangabeira, em João Pessoa.

O objetivo do evento foi fazer uma análise das ações de 2016 e planejar um conjunto de melhorias para o próximo ano. Tânia Brito, ouvidora-geral do Estado; Paula Laís de Oliveira, secretária-chefe da Casa Civil; e Rodrigo Paiva, representante da Controladoria-Geral da União (CGU-PB), estiveram entre os presentes.

Regulamentada em 2011, a rede de ouvidorias da Paraíba é um importante canal entre o Estado e o cidadão na busca de melhorias nos serviços públicos. De acordo com a Ouvidoria-Geral do Estado (OGE), anualmente é recebida uma média de 16 mil demandas, entre denúncias, reclamações e sugestões.

A ouvidora-geral do Estado, Tânia Brito, falou da importância do encontro para melhorar ainda mais a qualidade dos serviços prestados pela Rede de Ouvidorias. “É um momento em que avaliamos as fragilidades, mas também as potencialidades de cada vez mais estarmos perto do cidadão, à razão do serviço público. É preciso que essa proximidade seja cada vez maior para que o Estado possa prestar um serviço eficiente”, disse.

Participação – Tânia Brito também destacou a importância de se fortalecer a política pública de ouvidorias na Paraíba. “A gestão do governador Ricardo Coutinho tem dado grandes exemplos de que é preciso ouvir o cidadão, podemos citar o Orçamento Democrático Estadual. Outro grande exemplo são as ouvidorias, que têm a finalidade de dar voz à população, ouvir suas sugestões, denúncias, reclamações e, assim, ter orientações para tornar os serviços públicos eficientes”, pontuou.

O representante da Controladoria-Geral da União (CGU-PB), Rodrigo Paiva, abordou o tema “O papel do ouvidor”. “Esse diálogo com o gestor é fundamental para a melhoria dos serviços públicos. É importante também que haja uma mensagem clara para que o cidadão compreenda a resposta do Estado à sua demanda e, desta forma, sinta-se cada vez mais motivado a participar desse processo tão importante”, afirmou.

Ainda durante o evento foi realizada a apresentação do modelo de relatório 2016 que será encaminhado por e-mail para todos os ouvidores ou correspondentes. A devolução deverá ocorrer até o dia 15 de janeiro, sendo sistematizado pela OGE, formatando o Relatório Geral da Rede de Ouvidorias, e encaminhado ao governador Ricardo Coutinho.