Fale Conosco

29 de junho de 2009

Ouvidoria-Geral da Cagepa completa 100 dias de implantação



A Ouvidoria-Geral da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) está completando, nesta segunda-feira (29), 100 dias de implantação. A mais recente instância do órgão foi criada ainda na gestão passada, segundo informa o ouvidor-geral Humberto de Almeida, passando a ser parte integrante da estrutura organizacional da empresa a partir dos primeiros dias da nova gestão.

“A Ouvidoria foi implementada no dia 19 de fevereiro deste ano na primeira reunião do Conselho de Administração, mas só passou a existir de fato e de direito a partir do dia 2 do mês seguinte, já dentro da atual gestão”, afirmou Humberto, que assumiu o cargo a partir dessa última data.

Ele explica que a Ouvidoria é a instância responsável por receber manifestações das mais diversas, que vão de denúncias a elogios por parte dos cidadãos paraibanos. “A Ouvidoria é mais do que uma parte da empresa, ela é o cidadão dentro da Companhia”, disse, ressaltando que o papel do ouvidor é semelhante ao do ombudsman dos empreendimentos particulares.

Humberto destaca que o órgão tem recebido inúmeras demandas diárias, acerca de diversas solicitações. “Só através de e-mails nós recebemos cerca de 50 manifestações por dia, sem contar inúmeros telefonemas e atendimentos presenciais”, falou. Ele destacou que praticamente todas as demandas que chegam à Ouvidoria são solucionadas junto aos setores competentes da Cagepa.

Segundo ele, “os princípios fundamentais de uma ouvidoria são os mesmos que devem reger a administração pública: a legalidade, a legitimidade, a impessoalidade, a moralidade, a economia e a publicidade, ou seja, o respeito à coisa pública”.

A burocracia característica dos serviços públicos não é norma da Ouvidoria da Cagepa. O atendimento é feito da maneira mais rápida possível, sem distinção entre os atendidos.
“Como a Ouvidoria não delibera sobre as solicitações, não há necessidade de perder tempo com formalismos. Na medida do possível, a ação do ouvidor deve ser verbal ou então através de processos sumários, impondo à toda a empresa um ritmo ágil de atuação”, esclareceu.
Qualquer cidadão com reivindicações pendentes pode contatar a Ouvidoria-Geral da Cagepa através do telefone 3218-1366 ou pelo e-mail: ouvidoria@cagepa.pb.gov.br.

Eber Azevedo de Freitas, Assessoria de Imprensa da Cagepa