Fale Conosco

15 de dezembro de 2014

Ouvidoria apresenta novo sistema de atendimento às demandas das ouvidorias do Estado  



A reunião de homologação do software SGP – Módulo Ouvidoria, desenvolvido para Defensoria Pública e Rede de Ouvidorias do Estado, foi apresentado na última sexta-feira (5), às 15h, no auditório da PBPrev. O projeto, contratado pela Defensoria Pública do Estado, com apoio da OGE e desenvolvido pela Codata, foi conduzido pelo Departamento de Ciências Exatas da UFPB, Campus IV, em Rio Tinto, sob a coordenação do mestre em Ciência da Computação, Rodrigo Rebouças, com a participação dos alunos de graduação Antônio Braz (Licenciatura em Ciência da Computação) e Sabrina Araújo (Sistema de Informações).

O uso do novo sistema vai possibilitar a excelência na prestação de serviços aos demandantes de ouvidorias. “A disponibilidade deste sistema possibilitará o avanço da Ouvidoria do Estado, que busca a excelência na prestação deste serviço, importante instrumento de controle social e ferramenta de gestão, viabilizando a uniformização da Rede e melhor eficiência no tratamento das demandas”, ressaltou Tânia Brito, coordenadora da OGE.

A Ouvidoria Geral vive um momento de consolidação com a implantação da nova ferramenta de tecnologia para automatizar os trâmites de demandas dos cidadãos. Todo o processo de ouvidoria passa a ser especificado e analisado em cada etapa até a sua resolubilidade. A partir desse procedimento, o treinamento de novas pessoas passa a ser único e baseado no sistema de informações que atende as ouvidorias.

Para o mestre em Ciência da Computação e coordenador do projeto, Rodrigo Rebouças, a expectativa é que em 2015, o procedimento esteja implantado e adaptado a cada ouvidoria. “A população vai ter acesso a ouvidorias estruturadas. O cidadão vai poder acessar sua demanda via internet, através do portal da ouvidoria, de forma simples e acessível, virtualmente. No final ele mesmo pode avaliar se ficou ou não satisfeito com o serviço. Tudo de forma muito transparente”, afirmou.