Fale Conosco

2 de setembro de 2009

Os recursos foram aprovados pelo governo federal



“Agora é oficial”. Foi o que disse o secretário estadual de Infraestrutura, Francisco Sarmento, depois do anúncio, pelo governo federal, de que a Paraíba teria os recursos necessários para concluir 2ª etapa da Transposição Litorânea. O montante aprovado é na ordem de R$ 58,6 milhões. Com isso, se concretiza o maior projeto de adução em execução no Estado nos últimos 25 anos.

A liberação dos recursos foi anunciada, na presença do governador José Maranhão, em cerimônia no Palácio do Itamaraty, em Brasília. Na solenidade, a ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) representou o presidente Lula.

“Ao todo serão investidos cerca de R$ 125 milhões. A Transposição Litorânea tem sua 1ª etapa (R$ 85 milhões) atualmente em execução no âmbito do PAC e levará água tratada para mais de 1,5 milhão de pessoas na grande João Pessoa (além da capital, Santa Rita, Bayeux, Cabedelo e Conde).

Na cerimônia foram anunciados para 19 estados os novos projetos no âmbito do “Programa Saneamento para Todos" – Abastecimento de Água e Esgotamento Sanitário da Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental”, disse Francisco Sarmento, que acumula a Gerência Estadual do PAC na Paraíba.

O secretário de Infraestrutura também informou que as obras têm prazo de conclusão até julho de 2010, sendo que a 1ª Etapa poderá ser concluída até março do mesmo ano.

“Desde fevereiro deste ano, quando assumiu o novo governo da Paraíba, trabalhamos com um cronograma comprimido com o objetivo de recuperar o tempo perdido, pois embora inserida no PAC, o empreendimento, durante a gestão anterior, não passou da instalação do canteiro de obras. Por essa e outros o PAC da Paraíba apresentava um dos mais baixos índices de execução do Brasil.”, ressaltou o secretário.

E acrescentou: “O PAC da Paraíba, em apenas seis meses, saltou de nível de execução de menos de 3% para mais de 33% nos 24 projetos que o integram, tendo sido o primeiro deles – o abastecimento de água das praias do Seixas e Penha – inaugurado na última sexta-feira (28 de agosto). Vale salientar que a Transposição Litorânea acumula nível de execução superior a 40%”.

Assessoria de Imprensa da Secretaria de Infraestrutura