João Pessoa
Feed de Notícias

Os contratos com as cooperativas médicas foram renovados

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010 - 15:52 - Fotos: 

A direção do Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena (HETSHL) afirmou na manhã desta quinta-feira (07) que não existe nenhuma possibilidade de suspensão ou diminuição das atividades médicas no maior hospital público da Paraíba.

O diretor geral da unidade, o médico José Carlos de Freitas Evangelista,  disse que os contratos com as cooperativas médicas de Ortopedia, Pediatria, Terapia Intensiva e Anestesiologia foram renovados. Porém, por falta de compromisso com o que já havia sido pactuado, o representante legal da Cooperativa de Cirurgiões da Paraíba (Coopecir-PB), se negou, de última hora, a assinar a renovação do contrato com o hospital.

“Mesmo depois de várias conversas e de serem discutidas e acordadas as necessidades da categoria, o presidente desistiu de assinar o contrato, simplesmente mudou de idéia. Tal atitude, ao meu ver, tem o objetivo apenas de tumultuar o processo e a relação com a categoria que é bastante pacifica. Desconheço qualquer outro motivo para esse posicionamento, a não ser o sensacionalismo”, comentou o diretor geral.

Apesar da Cooperativa não ter assinado a renovação do contrato, todos os médicos conveniados estão honrando com seus compromissos e trabalhando normalmente no Hospital de Trauma. “Essa foi uma atitude isolada do presidente. Tanto é que a categoria, em nenhum momento, aderiu a esse movimento que o presidente chama de paralisação. Não há nenhuma possibilidade disso vir a acontecer. Quero tranquilizar todos os paraibanos, pois quem precisar de atendimento no hospital de Trauma terá”, garantiu. José Carlos Evangelista.

A direção também garantiu que os médicos vão receber suas remunerações normalmente, como vem sendo feito nesta atual gestão. O Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa vivencia hoje uma realidade bastante positiva, em termos de assistência a população e condições de trabalho para seus servidores. O Hospital está funcionando em sua plenitude, onde são realizados cerca de 6 mil atendimentos mês. O Trauma possui mais de 20 especialidades médicas e dispõe de uma equipe multiprofissional 24 horas. Para tanto, está em dia com todos os seus fornecedores, assim como os salários dos funcionários e cooperados. A unidade está totalmente abastecida de insumos e com todos os seus setores funcionando.

A direção se coloca à disposição de toda a imprensa e população para visitar o Hospital de Trauma e constatar tudo o que foi relatado, assim como o pleno funcionamento no atendimento a população. “Nesse hospital há um clima de harmonia, tranqüilidade. Estamos em dia com todos os nossos compromissos, inclusive nas questões salariais dos nossos servidores e cooperados”, frisou o diretor geral.

Da Assessoria de Imprensa do Hospital de Emergência e Trauma