João Pessoa
Feed de Notícias

Orquestra Sinfônica Jovem realiza concerto com trompetistas dos EUA

segunda-feira, 18 de julho de 2016 - 11:24 - Fotos:  Secom-PB

A Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba (OSJPB) realiza, nesta quinta-feira (21), concerto especial com participações de dois trompetistas vindos dos Estados Unidos. A apresentação integra a programação do II Encontro Internacional de Trompetes Ubirani e traz como convidados Alan Siebert (Orquestra de Câmara de San Diego) e Charles Schlueter (Filarmônica de Nova Iorque). A regência será do maestro Luiz Carlos Durier, titular da OSJPB. O evento acontece na Sala de Concertos Maestro José Siqueira, do Espaço Cultural José Lins do Rego, em João Pessoa, às 20h30, com entrada gratuita.

O Encontro é uma realização do grupo Ubirani, associação de jovens trompetistas sediada na cidade de João Pessoa. O evento conta com parceria da Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc) por meio da sua Orquestra Sinfônica Jovem.

A abertura do concerto será com a composição “Em Um Mercado Persa”, de Albert Ketelbey (1875-1959). Na sequência, o programa apresenta, de Cesar Guerra Peixe (1914-1993), “Museu da Inconfidência” e “Restos de Reino Negro”. Com solo do trompetista Alan Siebert a Orquestra toca obra de Johann Baptist Neruda (1708-1780), “Concerto para Trompete e Orquestra em Mi Bemol Maior”, nos movimentos Alegro / Largo / Vivace.

Em seguida, o trompetista convidado Charles Schlueter entrará como solista na obra de Alexander Arutiunian (1920-2012), “Concerto para Trompete em Lá Bemol Maior”. Para fechar o concerto, a Orquestra Jovem executará a uma seleção de temas da obra “Les Miserables” de Claude-Michel Schönberg (1944), com arranjo de Bob Lowden.

Sobre os convidados – Alan Siebert (solista) é professor de trompete no Conservatório de Música da Universidade de Cincinnati. Foi membro da Orquestra Sinfônica de San Diego e principal trompete tanto da Ópera quanto da Orquestra de Câmara de San Diego. Atualmente é membro da Orquestra Filarmônica de Dayton.

Como solista, Siebert já se apresentou em grande parte dos Estados Unidos e no exterior. Também se apresentou e gravou com os grupos “Summit Brass”, “Carillin Brass” e “Westwind Brass & Kenuckiana”. Encomendou e estreou diversas obras para trompete solo e grupos de metais.

Siebert já ministrou aulas em locais como University of Bridgeport, University of Wisconsin-Superior, Arizona State University e Michigan State University. Ele é co-autor do Teaching Brass: A Resource Manual, publicado pela McGraw-Hill. Graduado pela Universidade de Michigan e SUNY Fredonia. Sieber já gravou para Equilibrium, Pro Arte, Discovery, New World, Summit, Klavier, Integra e Coronet.

O outro trompetista convidado, Charles Schlueter (solista), cresceu em Du Quoin, Illinois. Começou seus estudos no trompete quando tinha apenas dez anos e recebeu orientação de Charles Archibald, Donald Lemaster, Melvin Siener e Edward Brauer antes de entrar para Juilliard School em 1962, onde desde então seu mentor foi William Vacchiano, principal trompetista da Filarmônica de Nova Iorque.

Schlueter foi o principal trompete na Orquestra Sinfônica de Boston de 1981 até 2006. Antes deste período, foi primeiro trompete da Filarmônica da cidade de Kansas, Sinfônica de Milwaukee, Orquestra de Minnesota e principal associado da Orquestra de Cleveland.

Schlueter apareceu tanto como recitalista como solista em orquestras na França, Brasil e Japão. Nos Estados Unidos solou sob a batuta de maestros como Seiji Ozawa, Neville Marriner, Stanislaw Skrowaczewski e Kazuyoshi Akiyama. E no Japão com Ken-Ichiro Kobayashi e Naohiro Totsuka.

Em 1998, Schlueter participou da criação do “Festival de Metais do Nordeste”, em João Pessoa (PB). Durante os últimos 25 anos, tem ministrado masterclasses e recitais, também junto a orquestras em Salvador (BA), Volta Redonda (RJ), Belém (PA), Recife (PE), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF) e Porto Alegre (RS). Ainda no Brasil, participou como professor do Festival de Música de Santa Catarina (Femusc).

Charles Schlueter pode ser ouvido em muitas gravações com a Sinfônica de Boston e Orquestra de Minnesota. Gravou os CD’s “Bravura”, “Virtuoso Trumpet”, “Trumpet Concertos”, “Trumpet Works”, “Songs from the heart” e “Statements”.

A Fundação Charles Schlueter foi fundada em 2001. É uma organização sem fins lucrativos que visa o encorajamento e a comunicação entre os instrumentistas de metais, promovendo o alto nível em performance, o ensino e a literatura associada a instrumentos de metais.

Regente - Natural de João Pessoa, Luiz Carlos Durier é o regente titular da OSJPB há 17 anos. Seu trabalho direcionado para jovens músicos em formação tem reconhecimento em todo o Brasil. As suas interpretações cativantes e criativas produzem sempre sucesso de público e crítica. Sob sua batuta, já se tornou tradição a Orquestra Jovem apresentar estreias mundiais com excelente qualidade técnica e artística. Em setembro de 2013, foi nomeado diretor artístico e regente titular da Orquestra Sinfônica da Paraíba (OSPB).

Na Universidade Federal da Paraíba (UFPB), concluiu o ensino superior de música nos cursos de Licenciatura e Bacharelado. Desde que chegou à Escola de Música Anthenor Navarro (Eman), em 1991, lidera atividades de educação musical ensinando: Musicalização, Viola e Música de Câmara e Regência. Participou das XIX e XX Semana da Música da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) como professor da classe de regência. Na Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), está realizando o Curso de Especiação em Fundamentos da Educação – Práticas Pedagógicas Interdisciplinares.

Como regente convidado, conduziu a Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte, Orquestra Sinfônica do Estado de Sergipe, Orquestra Sinfônica da UFRN e Orquestra Criança Cidadã do Recife. Regeu a Orquestra de Cordas da 29ª e 30ª Oficina de Música de Curitiba. Na sua formação como regente, foi aluno de Wolfgang Groth, Nelson Nuremberg e Guilhermo Scarabino. Desde 2005, estuda com o maestro Osvaldo Ferreira. Participou de masterclasses com os maestros Kurt Masur e, recentemente, com Dante Anzolini. Ainda teve como mestres o maestro José Siqueira, José Alberto Kaplan, Iara Bernette, Violeta de Gainza, Guilhermo Campos e Horácio Schafer.

Conduziu a OSPB na gravação ao vivo do cd da cantora Marines e sua Gente, do DVD Sivuca e os Músicos Paraibanos. Tem acompanhado com frequência artistas populares com a OSPB e OSJPB em grandes concertos populares, tais como: Ângela Ro Ro, Arnaldo Antunes, Tico Santa Cruz e Renato Rocha (Detonautas), Flávio José, Genival Lacerda, Alcione, Toninho Ferragutti, Geraldo Azevedo, Dominguinhos e Zélia Duncan, sempre com grande sucesso de público e crítica. No ano de 2012, recebeu a Comenda de Honra ao Mérito, pelo brilhante desempenho profissional frente à OSPB.

Serviço:

Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba – 3º Concerto Oficial de 2016

II Encontro Internacional de Trompetistas Ubirani

Regência: Luiz Carlos Durier (maestro titular)

Solistas: Alan Siebert (Orquestra de Câmara de San Diego) e Charles Schlueter (Filarmônica de Nova Yorque), trompetes

Data: quinta-feira (21 de julho)

Hora: 20h30

Local: Sala de Concertos Maestro José Siqueira, Espaço Cultural José Lins do Rego

Entrada: gratuita