João Pessoa
Feed de Notícias

Orquestra Sinfônica apresenta seu tradicional Concerto de Natal

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009 - 09:57 - Fotos: 

Espetáculo terá regência de Luiz Carlos Durier e as participações da cantora Ana Gouveia, dois corais, músicos da Orquestra Infantil e alunos da Escola Especial Juarez Johnson

O clima natalino vai invadir o cine-teatro Bangüê do Espaço Cultural esta semana. Na noite desta quarta-feira (9), às 20h30, a Orquestra Sinfônica da Paraíba (OSPB) vai apresentar o tradicional Concerto de Natal, com participações especiais da Orquestra Infantil, da Escola Especial Juarez Johnson, de dois corais paraibanos e da cantora lírica Ana Gouveia.

Na quinta-feira (10), no mesmo horário, o período natalino também será homenageado no concerto de encerramento da temporada 2009 da Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba (OSJPB), com os solistas Maria Carla Pino Cury e Felipe Oliveira. As duas apresentações terão regência do maestro Luiz Carlos Durier e entrada franca.

No Concerto de Natal da OSPB serão executadas as composições ‘Danzon nº 02’, de A. Marquez; ‘Marcha Eslava’, Tchaikovsky; ‘Seleção de Natal’, Roberto Tibiriçá; ‘Aleluia’, Handel; ‘Jesus Alegria dos Homens’, de Bach; e ‘Glória’, de autoria de Vivaldi. A apresentação terá a cantora lírica Ana Gouveia como solista de duas peças e a participação da Orquestra Infantil da Paraíba, dos jovens músicos da Escola Especial Juarez Johnson – inaugurada no último mês de setembro pela Fundação Espaço Cultural (Funesc) –, Coral do Unipê, sob a regência do maestro João Alberto Gurgel, e Coral Sinfônico da OSPB, regido pelo maestro Tom K.

Para o diretor executivo da Orquestra Sinfônica da Paraíba, Plutarco Sales, o Concerto de Natal reflete a união de todos os organismos musicais. “É um concerto festivo. A gente está reunindo várias unidades que integram a Orquestra Sinfônica em uma única apresentação e convidamos também o Coral do Unipê para estar junto ao nosso Coral Sinfônico. Todos estão envolvidos nesse concerto, caracterizando o período natalino”, destacou.

Orquestra Jovem encerra temporada

Com a participação de dois convidados, a Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba vai encerrar a temporada 2009 com um concerto comemorativo às festas natalinas, integrando o Projeto Quintas Musicais.  O 8º concerto oficial da OSJPB terá os cantores líricos Maria Carla Pino e Felipe Oliveira como solistas.
A apresentação começa com a execução da ‘Marcha Eslava, Op. 31’, de Tchaikovsky, seguida por ‘Azulão’, de J. Ovaler/R.Sadim; ‘Ó Noite Santa (Cantique de Nöel)’, de D. C. Adam/D. Oliveira; ‘Messias’ (Ária 40), de Handel;   ‘Elias. Op. 70’ (Árias 14 e 26), de Mendelssohn; ‘Ópera Carmem’ (Ária do Toreador), de G. Bizet; ‘Suíte Karélia, Op 11’, de  J. Sibelius; e ‘Danzon nº 2’, de A. Márquez.
A temporada 2009 da OSJP foi bastante positiva, de acordo com o regente titular, Luiz Carlos Durier. “Foi uma temporada muito criativa. Realizamos grandes concertos em nível de repertório e de aceitação de público. Também vencemos muitos desafios com repertório, com músicas que nunca tínhamos tocado. A Orquestra Jovem recebeu muitos convites para se apresentar no interior do Estado, o que nos deixa muitos satisfeitos. O nível da Jovem tem crescido bastante, tem sido um destaque no Brasil’, disse.
A Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba ainda foi convidada pelo governo de Alagoas para apresentar o Concerto de Natal. Será sábado (11), na Catedral Metropolitana de Maceió, com a participação do Coro da Escola Técnica de Alagoas e dos cantores líricos Felipe Oliveira e Claudiana Melo.

Sobre o regente

Luiz Carlos Durier é natural de João Pessoa e iniciou seus estudos musicais durante o curso colegial com a professora Ione Marinho. Licenciado em Educação Artística e Bacharel em Música pela UFPB, estudou Viola com Samuel Spinoza, Guillermo Campos, Pedro Pinto e Lara Venusta Lemos;  Harmonia com José Alberto Kaplan; Estética com Luiz de Oliveira Maia (Silvério), Regência Coral com Rosinete Ferrer e Orquestral com Wolfgang Groth, período no qual atual como monitor-regente da Orquestra Juvenil da UFPB. Realizou Master Class de viola com os professores Juan Carlos Sarudiansky, Horácio Schaefer e Rafael Altino Garcia e, música de câmara, com Fredi Gerling, Iara Bernette e Educação Musical com Violeta de Gainza.Regente Titular da Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba desde 1997. Sob sua batuta, já se tornou uma tradição a OSJPB realizar estreias mundiais. Desde 2001 é o regente residente da OSPB.

Estudou Musicologia com o Maestro José Siqueira, participou dos Festivais de Brasília-DF, Campos do Jordão-SP e do Festival Eleazar de Carvalho em Fortaleza-CE (2000), onde estudou regência com o maestro Nelson Nuremberg. Na Escola de Música da UFRJ em 2003 estudou “Interpretação e Regência das Sinfonias de Beethoven” com o maestro Guillermo Scarabino.  Foi aluno convidado do curso de regência do 37º Festival Internacional de Campos do Jordão, na classe do maestro Roberto Minczuk. Participou da Oficina de Música de Curitiba-PR (2005, 2006 e 2008) na classe de regência do renomado maestro Osvaldo Ferreira.
É professor da Escola de Música Anthenor desde 1991, onde ensina Musicalização, Viola, Música de Câmara e a regência da Orquestra da EMAN. Sua experiência lhe deu a oportunidade de reger a OSPB na gravação ao vivo do CD da cantora Marines, assim como na gravação do DVD de Sivuca e os Músicos Paraibanos. Tem também atuado com frequencia acompanhando artistas populares com OSPB e OSJPB, entre eles, Ângela Ro Ro, Arnaldo Antunes, Tico Santa Cruz e Renato Rocha (Detonautas), Genival Lacerda e  Alcione.

Sobre os solistas do concerto da OSJPB

O cantor lírico Felipe Oliveira, que vai participar deste concerto na execução de ária da ópera ‘Carmem’, de Bizet, é natural de Maceió (AL).  Participou de Master Class com renomados profissionais como Ileana Cotrubas, Thomas Allen, Siegfried Jerusalém, Malcon Martineau, entre outros e como bolsista da Fundación Carolina, participou do Curso de Especialização em Árias de Ópera do Bel Canto no Teatro Real de Madri.

Ganhou prêmios em todos os concursos de canto que disputou no Brasil, incluindo o prêmio “Revelação” no IV Concurso Internacional de Canto Bidu Sayão, quando tinha apenas dois meses de estudo de canto com a professora Fátima de Brito. Também foi 4º lugar e o prêmio de “Melhor Intérprete de Canção de Concerto” no 9º Concurso e Festival de Canto Lírico de Trujillo (Peru). Recentemente foi finalista do Concurso Internacional de Música Sacra, em Roma.

Fez sua estréia em óperas em 2005, como Papageno em “A Flauta Mágica” (Mozart), em Florianópolis. Desde então já foi Don Giovanni em “Don Giovanni”; Guglielmo em “Cosi fan Tutte” de Mozart;  Morales e Dancairo, na “Carmen”, de Bizet; Bander em “A Danação de Fausto” de Beriloz; Betto em “Gianni Schicchi” e Schaunard em “La Bohème” ambas de Puccini.  Desde 2006 vive em Glasgow, na Escócia, onde recentemente concluiu o Master of Opera e o Master in Music (Concert Singing), ambos na Royal Scottish Academy of Music and Drama, com bolsa do Associated Board of Royal Schools of Music e do Dewar Arts Awards.

A cantora Maria Carla Pino Cury é natural de João Pessoa. Há dois anos iniciou seus estudos de canto com o Prof. Vianey dos Santos, no curso de extensão do Departamento de Música da UFPB. Atualmente é aluna do 2º semestre do Bacharelado de Música da UFPB.   Tem participado ativamente dos recitais da classe de canto e dos conjuntos de música barroca dirigidos pelo professor Ibaney Chasin e a professora Heloísa Müller. Além destas atividades, no rol das suas experiências artísticas constam algumas performances especiais junto ao grupo Suzuki de violinos, da professora Ana Elizabete, à Orquestra Feminina – Camerata Arte Mulher, à Orquestra Infantil e à Camerata Juvenil, sob a regência da professora Norma Romano. 

Neste ano de 2009, integrou o coro do espetáculo ‘Paixão de Cristo’, promovido pela Fundação de Cultura de João Pessoa, sob a regência do maestro Eli-Eri Moura. Entre os anos de 2008 e 2009, participou da master classes da cantora chilena, Verônica Villarroel e do pianista Ricardo Balesteiro, respectivamente.

Assessoria de Imprensa da Funesc, com foto de ManodeCarvalho da Secom-PB