João Pessoa
Feed de Notícias

Orquestra Jovem dedica concerto ao romantismo no Mosteiro de São Bento

terça-feira, 9 de abril de 2013 - 12:33 - Fotos:  Secom-PB

O romantismo será o tema do concerto que a Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba (OSJPB) vai realizar nesta quinta-feira (11). A apresentação, que terá como palco o Mosteiro de São Bento (localizado no Centro de João Pessoa), começa às 20h, com entrada gratuita. A regência será do maestro titular Luiz Carlos Durier, que contará com a participação do solista Ronedilk Dantas tocando violino e viola, dois instrumentos da mesma família, mas distintos em sonoridade e dimensões. O solo apresentará uma peça figurativa, duas fantasias e uma suíte de um ballet baseado em uma lenda germânica.

Na apresentação desta semana, a orquestra presta uma homenagem aos professores de música aposentados e atuantes, como reconhecimento pelo trabalho e dedicação na formação de uma Paraíba reconhecida nacionalmente na arte da música.

O concerto abre com As Hébridas (Gruta do Fingal), Op. 26 de Felix Mendelssohn – peça que nasceu de uma viagem do compositor à Escócia em 1829. Em seguida, será executado o ‘Romance para viola e orquestra, Op. 85’, de Max Bruch, – obra que exprime a verdadeira paixão pela viola. A outra peça executada é de Charles de Beriot. Sua virtuosidade somada a ensinamentos de qualidade o tornou um grande violinista, e seus trabalhos pedagógicos são de grande importância na formação e de referência musical. Um exemplo é a fantasia ‘Scene de Ballet, Op. 100’, executada neste concerto.

O repertório desta quinta-feira traz ainda o conhecido balé “O Lago dos Cisnes” de Tchaikovsky, que teve sua estreia em Moscou no ano de 1877, levando para o mundo a arte russa da dança e inspirando outros mestres como Stravinsky e Prokofiev. A ação do balé se baseia numa lenda germânica.

Ronedilk Dantas  (solista) – Iniciou seus estudos musicais em 1979, na Escola de Música Antenor Navarro, em João Pessoa. Em 1980, ingressou no curso de Extensão da Universidade Federal da Paraíba, onde estudou violino sob a orientação do professor Yerko Tabilo, com quem viria finalizar, em 1994, o Bacharelado em Música.

Ao longo de sua formação como violinista, participou de importantes festivais de música tais como a VI Oficina de Música de Curitiba (1988), o Curso Internacional de Música de João Pessoa – PB (1990), o Primeiro Festival de Artes de Itu (1993) e o Curso de Improvisação na Educação Musical Recife-PE (2001), tendo a oportunidade de ser orientado por renomados mestres, a exemplo de Erich Lehninger, Elisa Fukuda, Sidney Harth, Robert McDuff, Imanuel Wilheim, Paulo Bosísio e Violeta de Gainza, nas cadeiras de violino, prática de orquestra, música de câmara e musicologia.

Foi vencedor e melhor intérprete de música brasileira no X Concurso de Jovens Instrumentistas de Piracicaba (1989). Também obteve o 1º Lugar no I Concurso Norte-Nordeste da Universidade do Rio Grande do Norte. Ronedilk também participou como recitalista e professor de violino do Festival de Música de Câmara de Curitiba (2001), dos 26°, 27° e 28° Festival de Inverno de Campos do Jordão e do XIX e XX Curso Internacional de Verão de Brasília.

Ingressou em 1993 no Quinteto da Paraíba, iniciando uma carreira como camerista e divulgador da Música Nordestina e Armorial. Participou ainda de diversos festivais nacionais e internacionais. Com o Quinteto, realizou três tournées pelo exterior, divulgando a Música Brasileira em países da Europa e América Latina. Atualmente é professor de violino da Escola de Música da UFRN, e desde 2007, violista do Quinteto da Paraíba.

Luiz Carlos Durier (maestro) –  Natural de João Pessoa (PB), Luiz Carlos Durier é o regente titular da OSPB Jovem há 15 anos e regente assistente da OSPB desde 2001. O seu trabalho direcionado para jovens músicos em formação tem reconhecimento em todo o Brasil. Sob sua batuta já se tornou tradição a Jovem apresentar estreias mundiais com excelente qualidade técnica e artística.

Como regente convidado, Durier conduziu a Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte, Orquestra Sinfônica do Estado de Sergipe, Orquestra Sinfônica da UFRN e Orquestra Criança Cidadã do Recife. Regeu a Orquestra de Cordas da 29ª e 30ª Oficina de Música de Curitiba. Na sua formação como regente, foi aluno de Wolfgang Groth, Nelson Nuremberg e Guilhermo Scarabino. Desde 2005 estuda com o maestro Osvaldo Ferreira. Participou de Master Class com o maestro Kurt Masur e ainda teve como mestres José Siqueira, José Alberto Kaplan, Iara Bernette, Violeta de Gainza, Guilhermo Campos e Horácio Schafer.

Na UFPB concluiu o ensino superior de música nos cursos de Licenciatura e Bacharelado. Desde que chegou a Escola de Música Anthenor Navarro (Eman), em 1991, lidera atividades de educação musical ensinando Musicalização, Viola e Música de Câmara. Participou das XIX e XX Semana da Música da UFRN como professor da classe de regência e conduziu a OSPB na gravação ao vivo do CD da cantora Marines e sua Gente, do DVD Sivuca e os Músicos Paraibanos. Tem acompanhado com frequência artistas populares com a OSPB e OSPB Jovem em grandes concertos populares, a exemplo de Ângela Rô Rô, Arnaldo Antunes, Tico Santa Cruz e Renato Rocha (Detonautas), Flávio José, Genival Lacerda, Alcione, Toninho Ferragutti, Dominguinhos e Geraldo Azevedo.

Serviço:

Concerto da Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba

Regência: Luiz Carlos Durier

Solista: Ronedilk Dantas (violino e viola)

Data: 11 de abril (quinta-feira)

Hora: 20h

Local: Mosteiro de São Bento (Centro)

Entrada: gratuita