Fale Conosco

13 de agosto de 2015

Orquestra Infantil se apresenta em Bananeiras, na programação da rota Caminhos do Frio



Cidade Bananeiras. MARCOS RUSSO JORNAL A UNIÃO 981 270x202 - Orquestra Infantil se apresenta em Bananeiras, na programação da rota Caminhos do FrioA Orquestra Infantil da Paraíba é uma das atrações do Circuito Caminhos do Frio no município de Bananeiras. A apresentação acontece neste sábado (15), às 19h, tendo como palco a Igreja Matriz Nossa Senhora do Livramento. A regência é do maestro Marcelo Vasconcelos.

A canção “Adagio para Cordas” (T. Burity) foi escolhida para abrir o concerto. Em seguida, o repertório traz “Minuet e Rondeau” (Henry Purcell), “Hino ao Imperador” (Joseph Haydn), “Hino à Alegria” (Ludwig van Beethoven). A música brasileira entra em cena na composição “João e Maria” (melodia de Sivuca). Para fechar a apresentação em clima de festa junina, a Orquestrinha toca “No Forró do Zé Doidiça” (Rogério Borges).

A programação completa do evento pode ser acessada pelo site www.brejoparaibano.com ou no aplicativo Caminhos do Frio (para o sistema Android, onde as pessoas podem baixar gratuitamente no Play Store).

CONCERTO 1 2 270x202 - Orquestra Infantil se apresenta em Bananeiras, na programação da rota Caminhos do FrioSobre a Orquestrinha - A Orquestra Infantil da Paraíba foi criada em 1986 pela professora Izabel Burity e, desde então, é coordenada e regida pela professora Norma Romano, nascida em Buenos Aires, Argentina.

A Orquestrinha é um bem cultural da Orquestra Sinfônica da Paraíba, e como tal, promove a formação cultural e social da criança e do adolescente através da prática instrumental, incentivando o convívio e a partilha de esforços, buscando incutir conceitos de trabalho em equipe, disciplina, respeito e superação. Para tanto, fomenta anualmente o ingresso de novas crianças através de audições que buscam selecionar os instrumentistas mirins.

CONCERTO 1 270x202 - Orquestra Infantil se apresenta em Bananeiras, na programação da rota Caminhos do FrioA OIEP tem como ideais promover a descentralização e democratização do acesso da população às diferentes atividades artísticas desenvolvidas pela mesma, e divulgar um repertório sinfônico universal, enfatizando a interpretação da música brasileira e, em especial, a nordestina. Por isso, ao longo destes anos a OIEP tem realizado apresentações pelo Brasil e também no exterior. Destacamos os concertos internacionais realizados na Argentina (1994 e 1997) e nos Estados Unidos (1996 e 1998) que suscitaram críticas e comentários elogiosos. Em 2007, a OIEP volta a Buenos Aires para participar do VII Encontro Internacional de Orquestras Infantis e Juvenis e mais uma vez encanta a todos, principalmente na interpretação do seu repertório de peças eruditas, argentinas, brasileiras e nordestinas.