Fale Conosco

24 de março de 2014

Orçamento Democrático Estadual entrega Prêmio Ceci Melo de Participação Social



Conselheiras e lideranças comunitárias das 14 Regiões Geoadministrativas do Estado recebem, nesta terça-feira (25), a homenagem através do Prêmio Ceci Melo de Participação Social – Ano Elizabeth Teixeira. O Prêmio é uma iniciativa do Orçamento Democrático Estadual, em parceria com a Secretaria de Estado da Mulher e da Diversidade Humana (Semdh) e será entregue em solenidade a partir das 15 h, no auditório do Sesc Centro, em Campina Grande.

A ação faz parte da programação do mês de março, em alusão ao Dia Internacional da Mulher (8 de março), e tem o objetivo de homenagear as conselheiras do Orçamento Democrático Estadual, eleitas para o mandato de dois anos, além das lideranças comunitárias, referências por suas atuações em prol de suas comunidades. Ao todo, serão homenageadas 14 conselheiras e 14 lideranças.

Este ano, o Prêmio Ceci Melo homenageia a liderança camponesa Elizabeth Teixeira, em reconhecimento a sua trajetória na Liga Camponesa de Sapé. Ela teve uma intensa participação no movimento dos trabalhadores rurais da Paraíba. O nome do Prêmio também é uma homenagem à Cezariana Macena de Melo (Ceci Melo), que foi militante, ex-dirigente partidária, ativista do movimento de mulheres e feminista na Paraíba.

O evento de entrega do Prêmio Ceci Melo contará coma a presença de todas as gestoras secretárias e dirigentes do Governo, além da própria Elizabeth Teixeira.

Instituições Homenageadas – Também receberão homenagem no evento instituições que trabalham em prol das mulheres paraibanas.

Ceci Melo – Cezariana Macena de Melo (Ceci Melo) foi militante, ex-dirigente partidária, ativista do movimento de mulheres e feminista, coordenadora do Centro Acorda Mulher em Bayeux e pedagoga na Casa Pequeno Davi. Foi uma das pessoas responsáveis pela criação do Orçamento Democrático no município de João Pessoa e essencial na manutenção e consolidação deste instrumento.

Através da sua atuação nos movimentos feministas, inseriu a preocupação com debate de gênero nos espaços oportunizados pelo OD, junto à sociedade civil, e tinha a preocupação constante com a inserção da mulher na democracia participativa. Ceci defendia a participação como forma de empoderamento da população em conhecer os seus direitos para a mudança da realidade vivida.

Ceci Melo nasceu no município de Sapé e morreu em 6 de fevereiro de 2013, em João Pessoa, deixando uma história de vida.

Elizabeth Teixeira – Maria Elizabeth Teixeira nasceu em Sapé, Paraíba, em 13 de fevereiro de 1925 e construiu sua trajetória em meio a lutas por justiça, terra e liberdade. Ela cursou até o segundo ano primário, abandonando os estudos porque o pai a proibiu de continuar indo à escola. Viúva de João Pedro Teixeira, fundador e líder da Liga Camponesa de Sapé, Elizabeth Teixeira teve uma intensa participação no movimento dos trabalhadores rurais da Paraíba, o que lhe trouxe o ódio de fazendeiros e donos de engenho deste Estado.

A história de Elizabeth e seu marido, João Pedro Teixeira, acontece em meio a um quadro de fome, opressão, exploração e repressão da força de trabalho no campo. Depois da morte do marido, Elizabeth assumiu a Liga Camponesa, também foi detida e sofreu diversos atentados. Hoje ela mora em João Pessoa com uma das filhas e duas de suas 23 netas e netos. Aos 89 anos, a dirigente camponesa permanece atenta à luta dos trabalhadores, e presente nos atos públicos, congressos e conferências.