João Pessoa
Feed de Notícias

Operação vai assegurar o livre exercício do voto no pleito suplementar para prefeito e vice-prefeito

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009 - 19:35 - Fotos: 

Policiais civis, militares e do Corpo de Bombeiros irão garantir traquilidade, preservação da ordem pública e livre exercício do voto durante as eleições suplementares para os cargos de prefeito e vice-prefeito da cidade de Nova Olinda, no interior paraibano. O pleito acontece no próximo domingo (13).

Para as atividades de Polícia Judiciária referentes ao processo eleitoral, serão escalados dois delegados de Polícia Civil e ainda enviados à cidade reforços da 6ª Delegacia Regional, sediada em Itaporanga. Já a delegacia municipal irá funcionar em regime de plantão do dia 11 ao dia 13.

Por determinação da Secretaria da Segurança e da Defesa Social (SEDS), também serão escalados oficiais superiores da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros para comandar os contingentes que irão assistir a Justiça Eleitoral.

Em Bayeux – Entre os dias 12 e 14 de dezembro, as polícias Civil, Militar e também bombeiros militares vão promover a segurança dos paraibanos e turistas durante o ‘Caranga Fest 2009’, que acontece na cidade de Bayeux, região metropolitana de João Pessoa. De acordo com a prefeitura do município, o evento deve reunir aproximadamente 40 mil pessoas por dia.

“Vamos desenvolver ações de defesa social integrada, que serão executadas pelas polícias e bombeiros, com o objetivo de manter a ordem pública no local do evento e suas adjacências”, afirmou o coronel Ramilton Cordeiro, secretário executivo da Segurança e da Defesa Social.

Para isso, o efetivo da 5ª Delegacia Distrital de Bayeux será reforçado e também aplicadas as modalidades de policiamento a pé, motorizado (duas e quatro rodas) e montado da Polícia Militar.

Já os bombeiros ficarão responsáveis por vistoriar toda a área destinada à realização do evento e ainda exercer atividades de prevenção, combate e controle de incêndios, além de buscas, salvamentos e socorros de urgência.

Adryana Araújo, da Assessoria de Imprensa da Secretaria da Segurança e da Defesa Social