João Pessoa
Feed de Notícias

Operação Lei Seca completa 3 anos com 7,5 mil flagrantes e 126 mil veículos abordados

segunda-feira, 21 de setembro de 2015 - 18:06 - Fotos:  Walter Rafael

A Operação Lei Seca completa três anos de atuação na Paraíba nesta segunda-feira (21). Criada pelo Governo do Estado em 2012, passou a integrar as ações do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran). A data está sendo lembrada na programação da Semana Nacional do Trânsito 2015, que conta com atividades educativas em escolas, faculdades, ruas, teatros, praças e em alguns estabelecimentos comerciais.

Desde que foi implantada no estado, foram aplicados 125.541 testes do bafômetro que resultaram em 7.591 flagrantes por embriaguez ao volante e 563 prisões. Foram 126.011 veículos abordados e 6.569 carteiras de habilitação apreendidas.

De acordo com o chefe da Divisão de Policiamento do Detran-PB e o coordenador  da Operação Lei Seca, Ricácio Cruz, durante esse período houve uma mudança de comportamento por parte da sociedade, que agora contribui com o trabalho das autoridades.

“Nós temos trabalhos de fiscalização e conscientização durante todo ano. Esse tipo de iniciativa tem mudado a mentalidade do motorista paraibano. Atualmente as pessoas pensam duas vezes antes de pegarem seu veículo embriagadas e sair dirigindo. Além de reprimir esse tipo de situação, a Operação Lei Seca tem um papel educacional nesse contexto”, disse Ricácio.

Atualmente, as fiscalizações contam com mais de 60 agentes trabalhando diariamente, além de ações de conscientização que são realizadas paralelamente às operações.

Desde janeiro de 2013, a Operação Lei Seca passou a ser mais rigorosa com a adesão de uma série de medidas, como a tolerância zero para o motorista que beber e dirigir. Outra mudança adotada foi o aumento do valor da multa – que passou de R$ 957,70 para R$ 1.915,30, além da suspensão por um ano da CNH. Na esfera criminal, mesmo sem o bafômetro, basta que seja identificada a embriaguez com testemunhas e vídeo para que o motorista seja detido.