Fale Conosco

25 de setembro de 2012

Operação Esqueleto já contabiliza 46 prisões por tráfico e homicídios



A Operação Esqueleto, cujo principal objetivo é desarticular um grupo criminoso responsável por homicídios e tráfico de drogas na região metropolitana de João Pessoa, já prendeu 46 pessoas, entre mandados de prisão cumpridos dentro e fora do Sistema Penitenciário e flagrantes. Nesta sexta-feira (21) e sábado (22), policiais do Grupo de Operações Especiais (GOE) prenderam Davi da Costa Oliveira e Andréa Pereira de Sousa, conhecida como ‘Nega’.

Segundo o delegado do GOE, Cristiano Jacques, contra ambos havia mandados de prisão temporária expedidos pela 5ª Vara Criminal da cidade de Santa Rita, pelos crimes de tráfico e associação para o tráfico.

Ele adiantou que Davi foi preso à tarde, no Terminal Rodoviário de João Pessoa, já embarcado em um ônibus que iria para o estado do Ceará, enquanto ‘Nega’ foi presa em Santa Rita. O delegado comentou que as investigações podem resultar em mais mandados de prisão solicitados à Justiça, em breve.

A ação, coordenada pela Polícia Civil, aconteceu de forma integrada com a Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), Ministério Público Estadual, e teve origem a partir de investigações realizadas pelo próprio GOE.