Fale Conosco

28 de fevereiro de 2014

‘Operação Divisa Segura’ reprime tráfico de drogas entre Paraíba e Pernambuco



policia militar e rodoviaria da pb e pe operacao divisa segura 121 270x202 - ‘Operação Divisa Segura’ reprime tráfico de drogas entre Paraíba e PernambucoCentenas de veículos e pessoas foram abordados durante a ‘Operação Divisa Segura’, realizada na noite desta quinta-feira (27), no posto fiscal de Cruz de Almas (BR-101), localizado em Caaporã, Litoral Sul da Paraíba. A ação, que durou até a madrugada, contou com a participação de policiais civis e militares paraibanos, servidores do Fisco Estadual, e ainda policiais civis de Pernambuco e Polícia Rodoviária Federal. O objetivo foi intensificar o policiamento na divisa entre os dois estados para coibir o tráfico de drogas no período de Carnaval.

Durante as abordagens realizadas no sentido Pernambuco – Paraíba foram verificados documentação dos motoristas e dos veículos, notas fiscais de produtos transportados, e ainda bagagens suspeitas, com o uso de dois cães farejadores da Polícia Militar paraibana.

policia militar e rodoviaria da pb e pe operacao divisa segura 2 270x202 - ‘Operação Divisa Segura’ reprime tráfico de drogas entre Paraíba e PernambucoPara o secretário executivo da Segurança e da Defesa Social, Jean Nunes, que é coordenador da ‘Divisa Segura’, o trabalho executado pelas polícias e pelo Fisco demonstra que os estados do Nordeste estão integrados nas ações de enfrentamento à violência e ao comércio de entorpecentes. “Essa foi a primeira operação da Divisa Segura realizada em solo paraibano este ano e outras acontecerão tanto na Paraíba como nos outros oito estados que compõem a região Nordeste”, frisou o secretário.

policia militar e rodoviaria da pb e pe operacao divisa segura 8 270x202 - ‘Operação Divisa Segura’ reprime tráfico de drogas entre Paraíba e PernambucoA ‘Operação Divisa Segura’ existe desde 2011 e envolve todos os estados nordestinos, a fim de prevenir os crimes contra a vida, tráfico de drogas e crimes patrimoniais, principalmente aqueles contra instituições financeiras. Em novembro de 2013, a ação passou a agir com a cooperação do Fisco da Paraíba e da Polícia Rodoviária Federal.