Fale Conosco

27 de setembro de 2012

Operação ‘Disque Denúncia 197’ prende acusado de homicídio em Guarabira



Um homem foi preso e uma adolescente de 16 anos apreendida durante a Operação ‘Disque Denúncia 197’, deflagrada nesta quinta-feira (27), na cidade de Guarabira, no Brejo paraibano.  O trabalho foi realizado de forma conjunta entre policias civis e militares da Região.

Josinaldo Gomes dos Santos, o “Xuxo”, é acusado da morte do estudante Felipe Emanuel da Silva, 16 anos, em maio deste ano. Já a adolescente foi flagrada tentando jogar embrulhos com drogas para dentro do Presídio Regional.

Segundo o delegado Luciano Soares, que comandou a operação, o principal objetivo era dar cumprimento ao mandado de busca e apreensão no bairro do Rosário, resultante de investigações policiais com base nas denúncias recebidas pelo 197.

“O êxito dessa operação se deve à população guarabirense, que tem contribuído com a polícia, fornecendo informações e ajudando a elucidar crimes como esse. A parceria tem dado certo e esse trabalho será contínuo”, afirmou o delegado regional.

A operação recebeu esse nome para ressaltar a importância do serviço, que oferece segurança aos denunciantes e tem colaborado no combate à criminalidade em todo o Estado. “Nossa determinação é que todas as denúncias recebidas sejam apuradas e, assim, possamos mostrar o resultado à própria sociedade que colabora com a polícia, a partir do fechamento de bocas de fumo, prisão de homicidas entre outras ações de combate ao crime”, destacou o delegado geral adjunto André Rabelo.

A Operação contou com um efetivo de 12 policiais civis e oito militares, distribuídos em oito viaturas.

Sobre o 197 – O Disque Denúncia já superou a marca das três mil denúncias este ano e a quantidade já é maior do que o total obtido durante todo o ano de 2011, quando foram computados 3.040 registros.

Só este ano, o serviço contribuiu para a polícia prender em flagrante 120 pessoas, apreender 44 armas de fogo de diversos calibres, 35 quilos de drogas (maconha e crack), 245 máquinas caça-níqueis, além de veículos, motocicletas e aproximadamente R$16 mil, provenientes do tráfico de drogas.

A ligação para o 197 é gratuita e pode ser feita de celular ou telefone convencional, de qualquer lugar do Estado. O serviço funciona 24 horas e o denunciante não precisa se identificar. Pelo e-mail gintel.denuncia@ssp.pb.gov.br, o cidadão ainda pode enviar documentos, imagens e vídeos que complementem a denúncia feita por telefone.