Fale Conosco

1 de agosto de 2013

Operação de Segurança apreende celulares e armas artesanais em Patos



Uma operação de segurança realizada por agentes penitenciários do Grupo Penitenciário de Operações Especiais (GPOE) e plantonistas na Penitenciária Padrão Romero Nóbrega, em Patos, na manhã desta quinta-feira (1), resultou na apreensão de de 15 celulares, quatro chips, 15 carregadores, oito trouxinhas de substância semelhante à cocaína, seis facas artesanais, seis espetos e 14 baterias de celular.

A operação foi coordenada pelo diretor Jardson Bezerra, dentro do cronograma de operações determinadas pelo secretário da Administração Penitenciária, Wallber Virgolino Ferreira. Um relatório circunstanciado com os nomes de possíveis envolvidos será remetido a Gerência Executiva do Sistema Penitenciário (Gesipe), com vistas ao aprofundamento de investigações pela Gerência de Inteligência (Geplasi).

O gerente do sistema penitenciário, coronel Arnaldo Sobrinho, disse que o cronograma determinado pelo secretário Wallber Virgolino vem sendo seguido semanalmente e que outras ações estão programadas, especialmente com o objetivo de retirar objetos ilícitos das unidades prisionais.

O secretário Wallber Virgolino afirmou que essas operações de segurança já se tornaram rotina para todos os agentes penitenciários que trabalham na Paraíba. “Desde que assumi a Seap, há sete meses, que traçamos um cronograma de atividades pensando em tornar essas operações um trabalho ininterrupto a médio prazo. Por isso, temos hoje essas apreensões em todas as unidades penais do Estado, semanalmente. Os agentes trabalham atualmente de cabeça erguida, com orgulho e com vontade de fazer o seu papel na sociedade civil organizada”, comentou.