Fale Conosco

5 de junho de 2013

Oficinas, palestras e show marcam segundo dia da Semana José Lins



Teatro, música, lançamentos, recital literário, exposições e concursos culturais integram a programação da 31ª Semana Cultural José Lins do Rego, que está sendo realizada pelo Governo do Estado, por meio da Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc). Este ano, a Escola Estadual José Lins do Rego, localizada no bairro Cristo Redentor, sedia as atrações, que têm acesso gratuito e aberto ao público. O evento se estende até a sexta-feira (7), incluindo exibições de filmes, oficinas de literatura e de dança.

A programação desta quarta-feira (5) começou às 8h, com a Oficina do Escritor, ministrada pelo coordenador de Literatura da Funesc, Archidy Picado Filho. Em seguida, Manoel Monteiro ministrou a palestra “A viagem do Cordel das Feiras para as Escolas”.

À tarde, além das atividades didáticas nas oficinas, haverá espaço aberto para uma apresentação musical com participação dos professores da Escola Estadual José Lins do Rego. Às 15h, o escritor Rinaldo Fernandes lança o livro “José Lins do Rego – aspectos da obra: considerações da crítica” e ministra palestra. No mesmo horário, a artista Analice Uchôa vai estar em salas de aulas com sua contação de histórias enquanto que, na quadra, será ministrada a oficina de grafite Hip Hop.

A partir das 16h, haverá apresentação de literatura de cordel dos alunos; às 19h, será a vez do festival Zé Lins Encenado, e às 20h, se apresenta o grupo A Troça Harmônica. A noite termina com apresentações de talentos da escola, a partir das 21h.

Troça Harmônica – O grupo nasceu do encontro de Chico Limeira, Gustavo Limeira, Lucas Dourado e Regina Limeira, jovens ativistas artísticos que unem música e poesia. Todos têm envolvimento com projetos individuais em circulação na cena musical também de outros Estados. O nascimento de A Troça Harmônica surgiu de uma inspiração na tradição de grupos como o Musiclube da Paraíba e o Assaltarte, que marcaram a história da música paraibana ao unirem-se no propósito de fazer soar suas próprias produções em uma ação, não apenas de salvaguarda, mas também de enfrentamento da mídia.

Programação Na quinta-feira (6), além das oficinas, a programação da manhã inclui palestra sobre segurança na escola, com participação do tenente-coronel Valterlins Dutra e do sargento Marcos Antonio França de Souza, a partir das 10h. Às 14h e 19h, haverá sessões de encenação dos alunos da escola. Às 15h, acontecerá nova rodada de contação de história. No mesmo horário, a coordenadora de educação do Detran, Abimadabe Vieira, ministra palestra sobre Educação e Segurança no Trânsito. Às 19h30, artistas de hip hop participam da Batalha da Versatilidade. Para fechar a noite, show de Pertnaz.

A programação de encerramento, na sexta-feira (7), vai contar com a palestra de Jairo Cézar, às 10h, além das oficinas pela manhã e à tarde. A partir das 14h, também haverá exibição de documentário sobre hip hop. No mesmo horário, serão apresentadas as participantes do 1º Festival Zé Lins EmDança. Às 16h, acontecerão lançamentos literários. Às 19h, serão anunciados os vencedores do Festival Zé Lins Encenado. O evento será encerrado com shows do grupo Nação Maracahyba e do músico Escurinho.

Oficinas – Ao longo de toda a Semana José Lins, estão sendo oferecidas oficinas gratuitas aos alunos da escola. José Altino ministra as oficinas de xilogravura, de 4 a 7 de junho, sempre às 14h, em sala de aula.

Outra oficina oferecida é de introdução à realização audiovisual, com Lúcio César, de 4 a 7 de junho, às 15h, na sala de aula.

Na área da literatura, acontece a oficina do escritor, ministrada por Archidy Picado Filho, nos dias 5, 6 e 7 de junho, às 8h, em sala de aula.

Já a oficina de Graffiti, com Rossi Tavares, será ministrada apenas no dia 5 de junho, às 14h, na sala de aula.

Editais – Vinte e três obras foram selecionadas pelos três concursos da 31ª Semana Cultural José Lins do Rego: Zé Lins Encenado, Zé Lins EmDança e Salão Nacional do Humor.

Zé Lins Encenado – Na terceira edição do concurso Zé Lins Encenado, cinco performances foram selecionadas para concorrer aos prêmios durante a Semana Cultural:

- “Visita a casa de Sinhá”, de João Batista Gomes da Silva;

- “A Cobra que era uma princesa”, de Daniel de Nóbrega Santos;

- “Volta ao cangaço de minha terra”, de Joelson Pereira da Silva;

- “O despertar de um gênio”, da Cia. Y’Plateia de atividades culturais;

- “Mistério da pedra bonita”, de Luiz Flávio Lima de Melo.

As três melhores performances receberão prêmios no valor de R$ 1.000 cada, sem distinção de colocação. As apresentações acontecem nesta quarta (5) e quinta-feira (6), a partir das 19h, no Auditório do Colégio Estadual José Lins do Rego. A solenidade de premiação será na sexta-feira (7), a partir das 20h, dentro das atividades de encerramento da Semana Cultural.

Salão Nacional do Humor - Para a realização da segunda edição do Salão Nacional do Humor foram selecionadas 11 obras de oito artistas paraibanos. São eles: Izaac Brito, Rodrigo Leão, samueldegois, Val Fonseca (duas obras), William Medeiros, Willian (duas obras), Horieby Ribeiro e Ana Garcia ( duas obras).

As obras serão expostas até 28 de junho, na Escola Estadual José Lins do Rego, e as três melhores serão contempladas com prêmios em dinheiro no valor de R$ 1.500 (primeiro lugar); R$ 1.000 (segundo lugar) e R$ 800 (terceiro lugar). Os nomes dos vencedores serão anunciados durante encerramento do evento.

Zé Lins EmDança – Na estreia do concurso cultural Zé Lins EmDança, sete propostas de coreografias foram selecionadas. Elas estão indicadas pelo nome do proponente: Sandra Melo, Admilton Barros, Vanessa Alves Bernardo, José Eduardo Cesario, Alex Oliveira, Diana Nascimento e Ing Nunes.

Das performances selecionadas, as três que obtiverem as melhores notas pela comissão julgadora receberão prêmios de R$ 1.000 cada, sem distinção de colocação. As apresentações do “Zé Lins EmDança” serão na sexta-feira, às 4h, como uma das atrações do último dia da Semana José Lins.