Fale Conosco

26 de maio de 2014

Oficina para abordagem do racismo institucional acontecerá nesta terça-feira na Espep



O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Juventude, Esporte e Lazer (Sejel) e Secretaria de Estado da Mulher e Diversidade Humana (Semdh), realizará durante toda esta terça feira (27), na Escola de Serviço Público do Estado da Paraíba (Espep), a Oficina Estadual do Racismo Institucional.

Estarão participando do evento representantes das cidades de João Pessoa, Campina Grande, Cabedelo, Bayeux, Santa Rita e Patos, que aderiram ao plano Juventude Viva, projeto que visa combater o crime contra a juventude negra no Brasil. Também estarão presentes representantes dos órgãos estaduais que integram o projeto, que tem a Paraíba como o segundo estado brasileiro a executar o plano.

A oficina tem como objetivo oferecer subsídios aos gestores e servidores públicos para identificação e abordagem do racismo institucional, bem como elaborar estratégias conjuntas para o seu enfrentamento no ambiente de trabalho e a inclusão de perspectiva da igualdade racial nas ações programáticas das instituições”, disse a gerente executiva de Juventude da Sejel, Joana D´Arc.

O secretário de Juventude, Esporte e Lazer, Tibério Limeira, destacou que a Paraíba foi um dos primeiros estados a aderir ao plano Juventude Viva. “Combater a violência contra a juventude negra é o principal assunto a ser debatido na Oficina de Racismo. O Governo do Estado tem se preocupado muito para que a juventude paraibana possa ter os seus devidos direitos”, frisou Tibério.