João Pessoa
Feed de Notícias

Obras do Governo no Empório Paraíba estão em ritmo adiantado

quarta-feira, 17 de março de 2010 - 15:49 - Fotos: 

Com 40 operários trabalhando e todo o material já adquirido, o empreendimento Empório Paraíba está sendo finalizado, pelo Governo do Estado, através da Suplan, para abrigar pequenos comerciantes do ramo de alimentação e artesãos.  Localizado no limite dos municípios do Cajá e de Gurinhém e instalado estrategicamente na área da bifurcação da BR-230, ele será um espaço de apoio aos viajantes que se deslocam de João Pessoa em direção ao Sertão ou que vêm do interior do Estado para o Litoral.

O Empório Paraíba tem uma área construída de 3.275 m², onde estão 48 boxes de 16m², quatro restaurantes (cada um com oito mesas de apoio), uma praça de alimentação (com mais 16 mesas), duas baterias de sanitários (masculinos e femininos). Mas, a área total é de 15.570 m², tendo o pátio de estacionamento vagas para receber 52 ônibus, 80 carros pequenos, 16 carretas e 16 caminhões de menor porte.

A obra tem o valor total orçado em R$ 5.971.579,47, dos quais já foram liberados R$ 2.780.430,24. Segundo o engenheiro José Justino de Paiva Filho, que fiscaliza os serviços três vezes por semana, a construção tem total acessibilidade porque há rampas em vários locais e nas áreas de circulação externa haverá corrimão circundando o prédio.

No aspecto técnico, ele informou que o projeto arquitetônico de Íris Galvão aproveitou a ventilação natural, prevendo a instalação de uma cobertura para com estrutura metálica, tendo 5,75 m de altura do piso e na área da praça de alimentação, a coberta é mais elevada (5,90m). Estão sendo usadas telhas de alumínio tipo sanduíches recheados com espuma de polipropileno, que evita o barulho da chuva.

O modelo de gestão do Empório Paraíba será definido pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo, mas cada box tem medidor individual de água e de luz, sendo 24 para artesanato e serviços e outros 24 para alimentação. O empreendimento tem chamado a atenção de quem passa na rodovia e também atraído os moradores de Cajá. A expectativa é de que o prédio fique concluído nos próximos dias, pois o revestimento cerâmico está sendo colocado e depois virá a cobertura e as portas, mas as alças de acesso (duas entradas e duas saídas) estão dependendo de uma reformulação do projeto para atender às exigências do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e do Departamento de Estradas de Rodagem (DER).

Naná Garcez, da Secom-PB, com fotos de Karine Tenório, da Suplan