Fale Conosco

12 de novembro de 2012

Obras do Anel do Cariri e Rodovia da Reintegração serão autorizadas ainda este ano



12.11.12 der_reuniao_sobre_rodovias_cariri_reintegracao (1) Foto: Secom-PB

As ordens de serviço para início das obras de pavimentação das duas maiores rodovias do Estado – Rodovia da Reintegração e Anel do Cariri – serão assinadas ainda este ano. A informação foi dada pelo superintendente do Departamento de Estradas de Rodagem da Paraíba (DER-PB), Carlos Pereira de Carvalho, durante reunião da diretoria do órgão com dirigentes das construtoras contratadas por meio de concorrência pública, na manhã desta segunda-feira (12). As duas obras representam um investimento da ordem de R$ 141.148.861,62.

Durante o encontro, foram discutidos diversos detalhes para o início das obras e o dirigente do DER comunicou aos representantes das construtoras que será exigido o cumprimento de prazo e qualidade das obras, que deverão ser concluídas até dezembro de 2013. Os canteiros de obras, com todos os equipamentos,  já deverão estar instalados até o dia 20 deste mês.

Anel do Cariri – As firmas contratadas para as obras de pavimentação do Anel do Cariri são ESSE e a PSO, enquanto os serviços na Rodovia da Reintegração ficarão a cargo da Furlani Engenharia Ltda e a Artec S/A.

A pavimentação do Anel do Cariri está dividida em dois lotes: o primeiro com 57,1 km e o segundo com 67 km. No lote I, a ser construído pela construtora ESSE, estão incluídas as PB-264 – Zabelê/São Sebastião do Umbuzeiro (13 km); PB-240 – São Sebastião do Umbuzeiro/São João do Tigre (20,4 km); e a PB-224 – São João do Tigre/Camalaú (23,7 km). O valor estimado do primeiro lote é de R$ 31.782.395,81.

No lote II estão incluídas as rodovias PB-196 – Camalaú/Congo (16,1 km); PB-196 – Congo/Caraúbas (20,8 km); PB-186 – Caraúbas/São Domingos do Cariri (14 km); e a PB-214 – Congo/Divisa da Paraíba com Pernambuco (16,1 km). O valor estimado da obra do lote II é R$ 46.956.557,89.

Com o Anel do Cariri, o Governo estadual vai tirar do isolamento mais cinco cidades paraibanas. A pavimentação beneficiará os municípios de Zabelê, São Sebastião do Umbuzeiro, São João do Tigre, Camalaú, Congo, Caraúba, São Domingos do Cariri/Cabaceiras (obra já contratada), Congo/Divisa da Paraíba com Pernambuco. Nos próximos dias, também será licitada a restauração do trecho Cabaceiras/Boqueirão/Queimadas, com 53 km de extensão e custo estimado em R$ 6 milhões.

Rodovia da Reintegração – A pavimentação da PB-228, denominada Rodovia da Reintegração, também está dividida em dois lotes.  O lote I, com 39,28 km de extensão, contempla o trecho da rodovia entre Assunção/Salgadinho/Areia de Baraúnas/Entroncamento do acesso a Passagem. Já o lote II, com 36,95 km, vai do entroncamento do acesso a Passagem/Quixaba ao Entroncamento da BR-230, inclusive os acessos a Passagem e Cacimba de Areia, tirando do isolamento estes municípios. No lote I, o investimento é de R$ 35.209.982,29 e no Lote II, R$ 27.199.925,63.