Fale Conosco

21 de maio de 2013

Obras de saneamento básico e recursos hídricos do PAC na Paraíba continuam em andamento



O secretário executivo de Obras do PAC na Paraíba, Ricardo Barbosa, atestou, nesta terça-feira (21), que as obras referentes ao Saneamento Básico, que envolvem serviços de esgotamento sanitário e recursos hídricos no Estado estão indo absolutamente bem. Segundo ele, dos 24 contratos de obras que o Governo tinha, apenas duas haviam sido paralisadas porque as empresas executoras não tiveram condições de continuar e pediram o distrato contratual com a Cagepa. Barbosa garantiu, no entanto, que as obras já foram retomadas com outras empresas.

Ao contrário do que dizem, o desempenho da Paraíba nas reuniões de avaliações em Brasília, pelos técnicos dos Ministérios do Planejamento e Cidades, é de excelência. Quando o governador Ricardo Coutinho assumiu, todas as 24 obras estavam paralisadas”, ressaltou. Ele citou como exemplo a obra de serviço de esgotamento sanitário do bairro Altiplano Cabo Branco, orçada em R$ 2,4 milhões, que está passando por ampliação do sistema com a construção de uma rede coletora e mais 542 ligações domiciliares. “A paralisação se deve mais a um processo burocrático com a Caixa Econômica, mas o recurso já está assegurado e estamos providenciando a licitação para a construção de um interceptor e concluir o mais breve possível os serviços naquela área”, disse.

O mesmo ocorre com as obras de ampliação do sistema de esgotamento sanitário na Comunidade Jardim Ester, cuja obra está orçada em R$2,7 milhões. Ainda dentro desse pacote de obras de saneamento mais duas estão a licitar envolvendo serviços nos bairros do Valentina Figueiredo e adjacências, as Praias do Seixas e Penha, José Américo, Colibris e Altiplano Cabo Branco, onde serão investidos recursos da ordem de R$ 52 milhões.

Eu posso dizer tranquilamente que estamos bem em relação ao andamento dessas obras. Eu venho acompanhando diariamente. Estou cuidando disso com muito afinco até porque o governador Ricardo Coutinho nos cobra de forma diária para entregar a população os benefícios em atendimento à saúde e o bem estar de todos, porque as obras de saneamento visam tão somente à saúde do povo”, destacou.

Conforme o secretário, até o final do ano o governo estará entregando também as obras de recursos hídricos, a exemplo da Adutora Translitorânea e a Adutora de Campina Grande, nas quais os investimentos somam mais de R$ 150 milhões.

Ainda referentes ao Sistema de Abastecimento de Água (SAA) já foram concluídos na Capital os sistemas dos bairros do Bessa (R$ 5,8 milhões), a sub-adutora e da rede de distribuição do Valentina Figueiredo (R$ 6,2 milhões) e Praia do Seixas e Penha (R$ 526 mil) e já está em pleno funcionamento a sub-adutora da Cidade Recreio, cuja obra custou (R$ 2 7 milhões).

As demais obras estão em andamento normal, a exemplo dos Serviços de Esgotamento Sanitário (SES) nos municípios de Cajazeiras, Guarabira, Patos e Santa Rita ,localidades que estão passando por ampliação do sistema, construção de redes coletoras, emissários, estação elevatória de tratamento, ligações domiciliares e intradomiciliares. Somente nestes municípios o investimento é da ordem de R$ 25 milhões mais a contrapartida do Governo do Estado.

Em João Pessoa, já estão em pleno funcionamento a rede coletora e as ligações domiciliares dos bairros do Altiplano, onde foram gastos R$ 1,3 milhão para a ampliação do sistema, Padre Zé e José Américo (R$ 2, 5 milhões) e Funcionários I (R$, 1, 2 milhão).

No município de Cabedelo, as obras estão 75% concluídas, cujo sistema de esgotamento sanitário vai beneficiar, além do centro da cidade, as praias Ponta de Campina, Poço, Camboinha, Formosa e Areia Dourada com a construção de emissários, elevatórias, rede coletora e ligações domiciliares. O investimento total dessas obras é de R$ 20,2 milhões.