João Pessoa
Feed de Notícias

Obras de reconstrução da Nova Camará estão em ritmo acelerado

terça-feira, 17 de setembro de 2013 - 18:23 - Fotos:  Secom-PB

As obras de reconstrução da Nova Camará estão em ritmo acelerado. No canteiro, trabalham 80 operários, além de duas escavadeiras hidráulicas, quatros caminhões caçambas e uma máquina de corte a fio. A obra também inclui a implantação de uma adutora que vai levar água de qualidade às torneiras de cerca de 20 cidades e localidades das regiões do Brejo e da Borborema.

Nesta terça-feira (17), o secretário executivo da Interiorização da Ação do Governo, Moacir Barbosa Rodrigues, visitou o local e foi acompanhado pelo engenheiro Eudes Pedrosa, da construtora responsável pela obra. “Como a obra é complexa, a orientação do governador Ricardo Coutinho é que seja realizada com todos os cuidados para que não venha a romper novamente. Ao mesmo tempo, a ideia do Governo do Estado é que a barragem caminhe junto com o sistema adutor, a fim de assegurar água tratada para mais de 175 mil habitantes da região e levar desenvolvimento com inclusão social”, ressaltou Moacir, acrescentando que a capacidade do reservatório será de 26 milhões de metros cúbicos d’água.

A barragem Nova Camará terá um custo de quase R$ 100 milhões, sendo R$ 29 milhões para a construção da barragem, R$ 62 milhões para o sistema de abastecimento de água com adutoras e estações, e mais R$ 7 milhões para a construção da barragem de nível Pitombeira/Serra Grande, que reforça o sistema de abastecimento de Alagoa Grande.

Municípios - Depois de concluída, a barragem vai beneficiar os municípios e localidades de Algodão de Jandaíra, Alagoa Nova, Areial, Campinote, Cepilho, Esperança, Chã de Marinho, Floriano, Jenipapo, Puxinanã, Lagoa Seca, Matinhas, São Tomé, Lagoa do Mato, Pocinhos, Remígio, São Miguel e São Sebastião de Lagoa de Roça.